domingo, 25 julho 2021
InícioECONOMIAGoverno de São Paulo libera recursos para o Bolsa do Povo

Governo de São Paulo libera recursos para o Bolsa do Povo

O Governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 21/7, a liberação aos beneficiários do programa Bolsa do Povo, recursos da primeira parcela do Vale Gás e do SP Acolhe, oferecidos a famílias em situação de vulnerabilidade social no Estado. 

O Bolsa do Povo, vinculado à Secretaria de Governo, unifica os programas estaduais de transferência de renda, simplificando o compartilhamento de informações e o repasse dos valores correspondentes a cada beneficiário. 

“A partir de hoje, os beneficiários já credenciados no sistema operacionalizado pela Prodesp poderão sacar a primeira parcela do Bolsa do Povo, que é o maior programa social da história do Estado de São Paulo”, afirmou o vice-governador, Rodrigo Garcia.  

Também começa a funcionar, em fase de teste, o assistente virtual do Bolsa do Povo via Whatsapp. Pelo número (11) 98714-2645, os usuários poderão receber orientações online a respeito de todos os projetos integrados. Quem preferir, pode ligar diretamente para a central de atendimento telefônico, pelo 0800 7979800. Os canais eletrônicos funcionam 24h por dia, sete dias por semana. Em caso de dúvida, um colaborador estará disponível para personalizar o atendimento de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. 

Quem quiser saber se tem direito aos programas sociais oferecidos pelo Bolsa do Povo, pode acessar o site www.bolsadopovo.sp.gov.br e realizar a pesquisa pelo número do NIS – Número de Identificação Social. 

Para receber o benefício é necessário realizar o cadastro no portal e passar por uma prova de identidade, de forma remota. Em seguida, caso seja elegível, o cidadão receberá um voucher, contendo protocolo e senha, que deverão ser usados para poder sacar o valor total de cada parcela em caixas eletrônicos do Banco do Brasil ou 24 horas, nas opções “Saques” e “Benefícios Emergenciais”. O prazo para retirada do dinheiro é de até 30 dias. 

Programas 

O Vale Gás é destinado a famílias em situação de vulnerabilidade, que vivem em comunidades ou favelas, e poderão receber três parcelas bimestrais de R$ 100 cada, totalizando o benefício de R$ 300 por família no período, o que equivale a três botijões de GLP de 13kg. 

Já o SP Acolhe atende famílias em situação de vulnerabilidade social que perderam membro familiar por covid-19 desde o início da pandemia até 21 de junho deste ano. Cada família beneficiada receberá R$ 1.800, em seis parcelas mensais e consecutivas de R$ 300 cada.  

O valor disponibilizado hoje corresponde às primeiras parcelas dos dois programas, sendo 101.418 benefícios do Vale Gás e 14.926 do SP Acolhe. Com isso, o total investido pelo Governo de São Paulo neste primeiro pagamento será de R$ 14,6 milhões. 

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,400SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

PF diz não haver indícios de participação do prefeito Guti e do secretário da...

Os delegados Márcio Magno e Fabrício Martins concederam entrevista coletiva à Imprensa a respeito das duas operações. Informaram que foram cumpridos 21 mandados de...

Prêmio São Paulo de Literatura concederá R$ 200 mil a autores de ficção

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo está com inscrições abertas para a 14ª edição do Prêmio São Paulo de Literatura,...

Coleta seletiva recolhe itens recicláveis em 18 bairros

Há pouco mais de um mês 18 bairros de Guarulhos contam com a coleta seletiva de recicláveis porta a porta. Uma vez por semana,...

Empresa de revestimentos doa cobertores e roupas à Campanha do Agasalho

O Fundo Social de Solidariedade de Guarulhos recebeu nesta terça-feira (20) a doação de 22 cobertores e dezenas de peças de roupas arrecadadas entre...

Covid-19: Vila Olímpica é segura e casos eram esperados, diz McCloskey

Os Jogos Olímpicos de Tóquio já tiveram casos positivos de coronavírus antes da cerimônia de abertura, mas o especialista em saúde Brian McCloskey afirmou...