domingo, 25 julho 2021
InícioCIDADESAÚDESP: Grávidas vacinadas com AstraZeneca na 1ª dose receberão 2ª dose da...

SP: Grávidas vacinadas com AstraZeneca na 1ª dose receberão 2ª dose da Pfizer

O governo do estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (21) a antecipação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 para grávidas e puérperas, que poderão procurar os postos de vacinação a partir desta sexta-feira (23).

De acordo com o governo, grávidas vacinadas com AstraZeneca na primeira dose poderão receber a segunda dose do imunizante da Pfizer. Segundo a coordenadora do Plano Estadual de Imunização de São Paulo, Regiane de Paula, cerca de 9 mil gestantes receberam a primeira dose da AstraZeneca.

“A partir do dia 23 agora, todas as gestantes – e temos em torno de 9 mil gestantes que receberam a 1° dose da AstraZeneca – de acordo com a deliberação que saiu agora pela manhã, podem ser vacinadas com segunda dose da Pfizer. Quem tomou a primeira dose da AstraZeneca, verifique seu cartão vacinal, e no período da segunda dose AstraZeneca, tomará vacina da Pfizer”, disse.

De acordo com uma recomendação do Ministério da Saúde, doses de vacinas de diferentes fabricantes não deveriam ser misturadas. No entanto, estudos revelaram que a imunidade é garantida com a segunda dose da Pfizer, sem o aumento de efeitos adversos, argumenta o governo de São Paulo. 

“O público gestante sempre será um público onde a vacinação e os medicamentos precisam de discussão, pois é um público vulnerável. Precisamos fazer análise de risco. E, nesse momento, a mortalidade por Covid-19 é superior a qualquer risco que poderia acontecer com a vacina (…) apenas a primeria dose da vacina não protege contra a variante delta”, disse Rossana Pulcineli, presidente da Associação de Obstetrícia e Ginecologia de SP (Sogesp). 

Mortes e internações por Covid-19 no estado 

Dos 645 municípios do estado, 288 não registraram mortes por Covid-19 na última semana. O dado representa 44% das cidades de todo o estado – novas mortes não ocorreram entre os dias 14 e 21 de julho. 

O governo de SP informou ainda que o estado tem a menor média de internação por Covid-19 do ano – número de casos também apresenta queda. 

Atualmente, segundo o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn, São Paulo registra queda de 6,9% no número de casos e 9% em internações por Covid-19. “Estamos mantendo média de 10 a 11% das internações”, disse.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,401SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Corinthians anuncia Renato Augusto como novo reforço do clube

O bom filho a casa torna. O meio-campista Renato Augusto está de volta ao Corinthians. O clube anunciou nesta quinta-feira (22) a contratação do jogador de 33...

Climatempo confirma que onda de frio pode ser intensa a partir desta segunda-feira

A Climatempo, empresa especializada em meteorologia, informa que uma frente fria com forte massa de ar frio chega ao Rio Grande do Sul...

Prefeitura entra com ação civil contra veterinária que burlou sistema de vacinação na cidade

O município de Guarulhos ajuizou nesta segunda-feira (19) uma ação civil pública contra a veterinária Jussara Barreira Sonner, que em junho admitiu nas redes sociais ter tomado...

Vacinação contra a Covid-19 avança em Guarulhos para o público de 27 anos ou...

A Prefeitura de Guarulhos se antecipa mais uma vez ao calendário estadual e abre a partir de segunda-feira, 26/7, a vacinação contra a Covid-19...

Prazo para contestar auxílio emergencial negado termina neste sábado

Termina no hoje (24), às 23h59, o prazo para a contestar os pedidos de Auxílio Emergencial 2021. A data limite se aplica aos trabalhadores...