quinta-feira, 28 outubro 2021
- PUBLICIDADE -
InícioCANAISCOMPORTAMENTOApós queda no início da pandemia, doação de leite materno volta a...

Após queda no início da pandemia, doação de leite materno volta a crescer em SP

Balanço da rede de Bancos de Leite Humano do Estado de São Paulo mostra que a média de doações cresceu neste segundo ano de pandemia, mas ainda precisa reverter o impacto causado pela Covid-19 e aumentar os níveis para suprir recém-nascidos hospitalizados em UTIs Neonatais.

Em 2021, até maio, o Estado já conseguiu arrecadar mais de 22,2 mil litros de leite materno, uma média de 4,4 mil por mês. O número representa pelo menos 60 litros a mais coletados mensalmente em comparação a 2020, quando a pandemia começou. Apesar do pequeno aumento, a quantidade não é suficiente para atender toda a demanda.

Isto porque, no ano passado, a rede sentiu o impacto das doações com a chegada da Covid-19: a média mensal de coleta foi de 4,38 mil litros, contra 4,6 mil litros em 2019, uma queda de 5% no volume.

Um dos principais Bancos de Leite de SP está situado no Hospital Maternidade Leonor Mendes de Barros e também enfrenta oscilações nos estoques.

A unidade da Secretaria de Estado da Saúde conseguiu superar o número de doações de leite materno em 2020, em comparação com o de 2019. Durante os primeiros meses do ano passado, chegou a arrecadar menos de 100 litros mensalmente, e em outros momentos superou a marca de 200 litros.

Seguindo todos os protocolos e reforçando a importância da doação,  conseguiu fechar o ano com 1867 litros coletados, ultrapassando a quantidade arrecadada em 2019, de 1435 litros. 

“Ainda estamos em pandemia e a demanda de leite humano nas unidades neonatais é alta. Precisamos de doação para garantirmos a assistência desses bebês. Um litro de leite humano doado pode alimentar 10 crianças ou mais. Doar é seguro e salva vidas”, afirma a coordenadora do Banco de Leite da Maternidade Leonor Mendes de Barros, Andrea Spinola. 

O Estado de São Paulo contabiliza 56 Bancos de Leite Humano (BLH) e 46 postos de Coleta de Leite Humano (PCLH). Em 2020, o Estado contou com mais de 36 mil doadoras. 

Como doar

Tornar-se doadora é muito simples. Se a mulher é saudável, está amamentando seu bebê e sobra leite nas mamas, ao invés de desprezar o excedente, pode contribuir com as mães que não têm leite suficiente.

Todas as orientações a serem seguidas para doar leite materno podem ser consultadas em https://rblh.fiocruz.br/.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,482SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Espetáculo de teatro de bonecos encanta alunos de escola da Prefeitura

Alunos da educação infantil e do ensino fundamental da EPG Alfredo Volpi, na Vila Rio de Janeiro, vivenciaram momentos de diversão, de alegria e de...

Click Guarulhos informa: Dados atualizados sobre Covid-19 em Guarulhos

Dados da Vigilância Epidemiológica Municipal desta terça-feira (26/10/2021): Taxa de cura – 93,23% Taxa de letalidade – 5,88% Total de recuperados – 78.018 Casos confirmados – 83.686 Total de óbitos – 4.917 confirmados e quatro em investigação Total...

Cemitérios municipais terão missas e cultos evangélicos no Dia de Finados

Na terça-feira (2), Dia de Finados, os cemitérios municipais de Guarulhos terão celebrações religiosas católicas e evangélicas com participação aberta ao público. Nos cemitérios  São Judas Tadeu,...

Guarulhos realiza primeira reunião do programa Municípios Paulistas Resilientes

Guarulhos, uma das cidades selecionadas para participar do Programa Municípios Paulistas Resilientes, do governo estadual, realizou nesta sexta-feira (22), no auditório da Univeritas/UNG, no Centro,...

Presidente Bolsonaro afirma que governo não interferirá em preços

Na véspera de um novo reajuste do preço dos combustíveis, o presidente da República, Jair Bolsonaro, garantiu, hoje (24), que o governo federal não...