sábado, 4 dezembro 2021
- PUBLICIDADE -
InícioCIDADENão é fácil ser pedestre em Guarulhos

Não é fácil ser pedestre em Guarulhos

Cabe aos proprietários de cada imóvel a construção e a conservação das calçadas, para permitir que os pedestres possam caminhar por elas, sem correr o risco de sofrer quedas e sem a necessidade de andar pelo leito das ruas e avenidas.

Se não bastassem os obstáculos naturais, que são os fortes aclives e declives em muitas vias públicas de Guarulhos, o que leva os munícipes a construir as entradas para veículos de forma que impedem o caminhar dos pedestres, ainda há calçadas em ruas planas nas quais as calçadas simplesmente não existem ou estão danificadas, a ponto de obrigar o pedestre a disputar espaço com os veículos na pista de rolamento.

E nem estamos falando de bairros periféricos, onde a infraestrutura é precária em muitos aspectos. Mesmo na região central da cidade, são inúmeros os casos em que a legislação não é cumprida e tudo continua do mesmo jeito, ano após ano, governo após governo.

Vejamos alguns exemplos no Jardim Santa Clara, bairro vizinho ao Paraventi e ao Bosque Maia. Na avenida Barber Greene, entre os números 900 e 1.000, há um trecho onde a calçada não foi construída. Fica ao lado de um terreno onde foi instalada uma torre de telefonia celular.

Pouco antes dali, na rua Piratuba, é praticamente impossível que pedestres caminhem entre as árvores e o muro. Além dos galhos muito baixos, a sujeira acumulada na calçada torna o trecho intransitável.


Nas proximidades da Cia. da Polícia Militar, existe calçada, mas está totalmente danificada pelas raízes das árvores inadequadas que foram plantadas por ali. Como falar em acessibilidade em uma cidade que tem calçadas como esta, em um bairro vizinho ao Centro de Guarulhos?

Tampa de galeria perigosa

Na rua Nossa Senhora Mãe dos Homens, altura do número 700, a tampa de uma galeria de águas pluviais está quebrada e solta, um perigo para quem pisar sobre ela. O local é de grande fluxo de pedestres. Situa-se em frente ao 15o. Batalhão da PM.

As demandas serão enviadas pelo portal Click Guarulhos às assessorias de Comunicação da Prefeitura e da Proguaru, para serem encaminhadas aos setores responsáveis pelas providências.

RESPOSTA DA PREFEITURA

Recebemos da Assessoria de Imprensa resposta referente às calçadas do Jardim Santa Clara:

“Com relação à denuncia, a Prefeitura informa que esses lotes são alvos frequentes da fiscalização. Foram instaurados os PAs 37459/2014 e 69845/18, o primeiro na rua Piratuba, esquina com Av. Barbie Greene, e o outro na rua Catanduva, também esquina com Av. Barbie Greene. Hoje, inclusive (5 de outubro), foi realizada nova notificação.”

Como se pode observar nas datas, uma das notificações foi em 2014 e outra em 2018; portanto, uma há sete anos e outra há três.



- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,497SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Máscaras continuarão a ser obrigatórias mesmo em ambientes abertos em Guarulhos

O prefeito de Guarulhos, Guti, decidiu nesta terça-feira, 30, que a cidade não vai seguir a recomendação do Governo do Estado para suspender a...

Paciente é internada em BH com Covid-19 após chegar da África

Uma mulher de 33 anos foi internada em Belo Horizonte, neste domingo (28), com diagnóstico de Covid-19, após chegar do Congo, país do continente africano. De...

Não há morte vinculada à variante Ômicron até o momento, afirma OMS

A OMS (Organização Mundial da Saúde) não tem informações até o momento de nenhuma morte vinculada à variante Ômicron do coronavírus. A afirmação nesta...

Estação Luz da CPTM recebe projeto Ciclovia Musical neste domingo, 28

Neste domingo (28), às 13h, a Estação Luz, que atende as linhas 7-Rubi e 11-Coral da CPTM, terá apresentação do Quinteto de Metais como...

Sesc Guarulhos oferece curso de maquiagem artística para palco

Entre os dias 7 e 16 de dezembro o Sesc Guarulhos promove o curso Maquiagem artística para palco. A atividade é gratuita, e as...