domingo, 23 janeiro 2022
InícioCANAISMEIO AMBIENTEGoverno cria programa de resgate da fauna silvestre

Governo cria programa de resgate da fauna silvestre

 

Portaria do Ministério do Meio Ambiente instituiu o Programa Nacional de Resgate de Fauna Silvestre. O Resgate+ terá, entre suas finalidades, a adoção de medidas visando afugentamento, resgate, atendimento e assistência de animais silvestres em situação de risco e vulnerabilidade nos seis biomas do país. A portaria foi publicada hoje (6) no Diário Oficial da União.

O atendimento (primário e emergencial), citado pela Portaria nº455, deverá ser feito por médico veterinário. Ainda no âmbito das metas do Resgate+, figuram a redução da perda de biodiversidade da fauna em decorrência de eventos naturais extremos ou acidentes ambientais causados por ação humana; e orientação da destinação adequada dos animais atendidos em operações de resgate e assistência.

O programa será coordenado pela Secretaria de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente, que buscará articular e desenvolver parcerias com outros órgãos governamentais, o setor privado e a sociedade civil, visando a implementação dos seus objetivos e o estabelecimento de regramento próprio relativo aos prazos e condições do projeto.  

Resgate+

A portaria descreve como objetivos estratégicos do Resgate+ a coordenação e a articulação visando disponibilizar bases operacionais “estrategicamente  localizadas, com pessoal treinado e equipamento específico, para realizar as ações de afugentamento, resgate, salvamento, assistencialismo e recuperação de fauna silvestre em situação de risco e vulnerabilidade”.

Prevê, ainda, ações de capacitação, educação e cidadania ambiental; e elaboração de planos de pronta resposta a desastres e acidentes que afetem a fauna silvestre, além da celebração de acordos e parcerias para a operacionalização de atividades.

Entre as diretrizes do programa figuram a cooperação e engajamento dos órgãos integrantes do  Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama) e o estímulo ao voluntariado e à participação do setor privado e da sociedade na implementação, custeio e operacionalização de atividades de resgate de fauna silvestre. A portaria entrou em vigor de hoje. 


*Com informações da Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
2,828SeguidoresSeguir
1,505SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Brasil recebe segunda remessa de vacina pediátrica da Pfizer

O Ministério da Saúde confirmou que uma segunda remessa de vacinas pediátricas contra covid-19 chegou hoje (16) ao aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). Desta vez,...

Conferência Municipal de Saúde Mental é remarcada para fevereiro

A 2ª Conferência Municipal de Saúde Mental de Guarulhos, prevista inicialmente para ocorrer nos dias 27 e 28 de janeiro no Centro Municipal de...
Carbonell

Carbonell faz parceria com a Foreducation EdTech

Acolher e escutar ativamente as famílias para que crianças e jovens se sintam seguros e preparados para realizar seus maiores sonhos num novo mundo,...

Saúde divulga dados epidemiológicos da Covid-19 em Guarulhos

Dados da Vigilância Epidemiológica Municipal de terça-feira (18/1/2022): Taxa de cura – 93,62% Taxa de letalidade – 5,60% Total de recuperados – 84.395 Casos confirmados – 90.149 Total de óbitos – 5.049 confirmados e quatro em investigação. Total...

Presidente visita Suriname para negociar acordos bilaterais

O presidente da República, Jair Bolsonaro, está no Suriname, em visita oficial, para tratar com o presidente do país vizinho, Chandrikapersad Santokhi, de acordos...