PUBLICIDADE
InícioCIDADEErro em lista de não vacinados causa polêmica na Câmara de Guarulhos

Erro em lista de não vacinados causa polêmica na Câmara de Guarulhos

Publicado em
PUBLICIDADE

Uma portaria assinada pelo presidente da Câmara Municipal de Guarulhos, Fausto Miguel Martello (PDT), suspendendo o contrato de trabalho dos servidores que não completaram a imunização contra a covid-19, causou polêmica, inclusive entre vereadores, por ter sido divulgada uma lista desatualizada que incluiu nomes de pessoas já vacinadas.



Entre os queixosos, o vereador Geraldo Celestino (PSC) fez postagem nas redes sociais, mostrando comprovante de vacinação e criticando a atitude de Martello.

Em decorrência dos embates sobre o assunto, a Presidência da Câmara divulgou hoje uma nota de esclarecimento assinada pelo diretor executivo de Administração de Pessoal, Anderson Luis de Almeida Paulino, atribuindo a falha ao Ambulatório Médico da Casa.

 

FIM DA POLÊMICA?

Aguarda-se ainda para esta segunda-feira a publicação de uma portaria retificadora. Não se sabe, no entanto, se isso será suficiente para apaziguar os ânimos, pois, independentemente de a lista ser atualizada, questiona-se a atitude de incluir vereadores na publicação, considerando que, por não serem funcionários, mas eleitos, não há contratos de trabalho deles para serem suspensos.

Em Brasília, há discussão semelhante: o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) determinou o retorno das sessões presenciais, pois foi detectado que havia parlamentares votando por intermédio de assessores. Ao tomar a decisão, Lira divulgou que será obrigatória a apresentação do comprovante de vacinação para participar das sessões. A dúvida é se há amparo legal para que se proíba a participação de deputados que não tenham se vacinado.

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE