domingo, 28 novembro 2021
- PUBLICIDADE -
InícioDESTAQUECâmara aprova em primeiro turno texto-base da PEC dos Precatórios

Câmara aprova em primeiro turno texto-base da PEC dos Precatórios

Por 312 votos a favor e 144 contra, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta-feira (4), em primeiro turno, o texto-base do relator Hugo Motta (Republicanos-PB), da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 23/21. Conhecida como PEC dos Precatórios, ela limita o valor de despesas anuais com precatórios, corrige seus valores exclusivamente pela taxa Selic e muda a forma de calcular o teto de gastos.

Para concluir a votação da matéria, os deputados precisam analisar e votar os destaques apresentados pelos partidos, que podem ainda mudar trechos da proposta. A sessão poderá ocorrer ainda hoje.

De acordo com o texto-base aprovado, os precatórios para o pagamento de dívidas da União relativas ao antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), atual Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), deverão ser pagos em três anos, sendo 40% no primeiro ano, 30% no segundo e 30% no terceiro ano.

Precatórios são dívidas do governo com sentença judicial definitiva, podendo ser em relação a questões tributárias, salariais ou qualquer outra causa em que o poder público seja o derrotado.

A redação aprovada hoje engloba o texto da comissão especial segundo o qual o limite das despesas com precatórios valerá até o fim do regime de teto de gastos (2036). Para o próximo ano, esse limite será encontrado com a aplicação do IPCA acumulado ao valor pago em 2016 (R$ 19,6 bilhões). A estimativa é que o teto seja de quase R$ 40 bilhões em 2022. Pelas regras atuais, dados do governo indicam um pagamento com precatórios de R$ 89 bilhões em 2022, frente aos R$ 54,7 bilhões de 2021.

Segundo o secretário especial do Tesouro e Orçamento, Esteves Colnago, cerca de R$ 50 bilhões devem ir para o programa Auxílio Brasil e R$ 24 bilhões para ajustar os benefícios vinculados ao salário mínimo.

*Com informações da Agência Câmara de Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,491SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Antes do adeus à seleção, Formiga vê cenário promissor à nova geração

Ícone do futebol feminino brasileiro, Formiga vestirá a camisa da seleção canarinho pela última vez nesta quinta-feira (25), contra a Índia, pelo Torneio Internacional de...

16ª Marcha da Consciência Negra de Guarulhos relembra a luta por igualdade

No último sábado (20) cerca de 500 pessoas compareceram à 16ª edição da tradicional Marcha da Consciência Negra de Guarulhos, em comemoração ao Dia da Consciência...

Prefeitura promove mutirão do CadÚnico no CEU Bambi no sábado

A Prefeitura de Guarulhos realizará neste sábado (27), das 9h às 13h, o quarto mutirão de inscrição e recadastramento do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico),...

Encontro das Artes leva educadores à 34º Bienal de São Paulo

Nesta quarta-feira (24) educadores da Prefeitura de Guarulhos estiveram em uma exposição da 34ª Bienal de São Paulo com o tema Faz Escuro mas...

Instituto divulga nota sobre intervenção em dois hospitais municipais

Em virtude da interdição decretada pelo prefeito Guti na segunda-feira sobre a administração dos hospitais municipais Pimentas-Bonsucesso e da Criança e Adolescente, o Instituto...