segunda-feira, 6 dezembro 2021
- PUBLICIDADE -
InícioDESTAQUESP: 4,1 milhões de pessoas ainda precisam tomar a segunda da vacina...

SP: 4,1 milhões de pessoas ainda precisam tomar a segunda da vacina de Covid-19

O Governo de SP faz um alerta nesta quinta-feira (25) aos 4,1 milhões de pessoas que ainda não compareceram para tomar a segunda dose da vacina de Covid-19 para que busquem os postos para se imunizar.
O número de faltosos reduziu cerca de 22% se comparados a 15 dias atrás quanto o estado tinha 5,3 milhões de pessoas para se vacinar, mas ainda é considerado bastante alto pelos técnicos da Secretaria de Estado da Saúde.
O balanço da tarde de hoje contabiliza 845 mil pessoas que ainda precisam completar o esquema vacinal com o imunizante do Butantan/Coronavac, outras 971 mil da Fiocruz/AstraZeneca/Oxford e 2,3 milhões da Pfizer/BioNTech.
“Aqueles que tomaram a primeira dose precisam retornar aos postos de vacinação para tomar a segunda dose e desta forma estarem totalmente protegidos. É fundamental que as pessoas se conscientizem sobre a importância da segunda dose”, afirma a coordenadora do Programa Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula.
Para completar o esquema vacinal contra Covid-19, são necessárias duas doses tanto da vacina do Butantan (intervalo de 28 dias) quanto da Fiocruz (8 semanas) e Pfizer (21 dias). Caso o prazo seja ultrapassado, é fundamental que o cidadão procure um posto assim que possível para orientações e para completar a imunização. O esquema vacinal da Janssen prevê apenas uma dose.
As Prefeituras são responsáveis pela busca ativa dos vacinados, mas o Governo de SP apoia a ação com o envio de mensagem via SMS e por e-mail à população para lembrar a data da segunda dose conforme pré-cadastro realizado no site Vacina Já ou no momento da aplicação da vacina.


Dose Adicional

Além disso, toda a população adulta pode se vacinar com a dose adicional de Covid-19. A nova orientação do Plano Estadual de Imunização (PEI) segue a diretriz do Programa Nacional de Imunização (PNI) e vale para todas as pessoas que tomaram as duas doses há pelo menos cinco meses, ou seja, quem completou seu ciclo vacinação até o mês de junho.
Importante destacar que os imunizantes disponíveis na rede pública de saúde são seguros, eficazes e podem ser utilizados nesta estratégia vacinal. Assim, em São Paulo o imunizante para a dose de reforço será aquele que estiver disponível no posto de saúde: Pfizer, Coronavac e até mesmo AstraZeneca.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,498SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Finalistas do concurso Desperte seu Olhar Inclusivo 2021 ganham sessão fotográfica

Enxergar-se através de uma fotografia pode trazer à tona muitos sentimentos. Entre eles felicidade, euforia, animação e, ao final, elevar a autoestima. Com esse...

Governo de SP assina “Declaração de Paris” que visa eliminar a transmissão de HIV

O secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn, assinou nesta quarta-feira (1), Dia Mundial de Luta contra a Aids, a “Declaração de Paris” que...

Instituições sociais conveniadas são homenageadas em Guarulhos

84 organizações da sociedade civil (OSCs) parceiras de programas sociais foram homenageadas pela prefeitura de Guarulhos na sexta-feira (3). Realizada no Adamastor...

Prefeitura do Rio de Janeiro cancela festa de Réveillon

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), anunciou neste sábado (4) o cancelamento das festas de Réveillon. Segundo ele, "respeitamos a ciência....

TCE aprova por unanimidade as contas de Guarulhos pelo terceiro ano consecutivo

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou nesta terça-feira (30) as contas da Prefeitura de Guarulhos em relação ao exercício de 2019, terceiro ano...