sexta-feira, 21 janeiro 2022
InícioCIDADEEDUCAÇÃOPrefeitura promove audiência pública da PPP da Educação

Prefeitura promove audiência pública da PPP da Educação

 

Na última sexta-feira (26) a Prefeitura de Guarulhos promoveu uma audiência pública da parceria público-privada (PPP) da Educação no auditório do CEU Bonsucesso. Presidida pelo secretário de Educação, Alex Viterale, a ação contou com a presença da subsecretária Fábia Costa, de profissionais da educação, da Fipe (Fundação Instituto De Pesquisas Econômicas) e foi aberta para os interessados credenciados.

A audiência partiu do princípio da transparência na administração pública com o intuito de colher sugestões que possam contribuir para o aperfeiçoamento da PPP. Viterale apresentou o projeto partindo do princípio de que a contratação da PPP vai ampliar o volume de investimentos com o objetivo de melhorar a infraestrutura física de toda a rede, que receberá obras de revitalização e ampliação, além de novas unidades escolares e dos Centros de Educação Unificados (CEUs).

Com o apoio da Fipe, que foi contratada para levantar as necessidades de investimento de cada próprio da educação, a PPP da Educação de Guarulhos seguirá a modalidade de concessão administrativa, em que a Prefeitura vai remunerar o ente privado pela prestação do serviço. Os investimentos necessários para a construção e manutenção dos equipamentos educacionais serão diluídos ao longo do contrato.

Firmar uma parceria público-privada para investir na educação permite oferecer melhor estrutura física, segura e adequada, prestação de serviços que suportem as atividades educacionais, a desburocratização e agilidade nas obras, reparos, manutenção e conservação, a identidade e o padrão de qualidade da estrutura física e um ambiente físico adequado à atividade pedagógica.

Durante a apresentação, o secretário de Educação ressaltou ainda que a PPP vai aprimorar os espaços públicos educativos e não terá nenhuma influência na parte pedagógica.

“Guarulhos construiu sua própria base curricular, com grande representatividade dos colaboradores que fazem a educação na cidade. Não haverá nenhuma interferência na gestão da escola nas questões pedagógicas, administrativas e de recursos humanos. O funcionalismo público não será afetado, tampouco terceirizado ou privatizado”, destacou Viterale.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
2,828SeguidoresSeguir
1,506SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Como enfrentar as realidades econômicas do Brasil atual?

Quem está preparado para enfrentar as novas realidades econômicas do Brasil? Você está? E o seu negócio? Devido ao cenário atual, muitas empresas vêm enfrentando...

Síndrome de Burnout é reconhecida como fenômeno ocupacional pela OMS

A síndrome de Burnout passou a ser reconhecida como um fenômeno relacionado ao trabalho pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A assunção dessa condição...

Termina hoje a reaplicação do Enem 2021

A segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 segue hoje (16) para candidatos de todo o país. As provas da segunda...

Aprovado protocolo para desfiles de carnaval no Sambódromo

A prefeitura de São Paulo aprovou nesta semana protocolos sanitários para o desfile de carnaval no Sambódromo do Anhembi. Por enquanto, os desfiles estão mantidos,...

UNG se consolida como uma das mais importantes universidades do País

Há mais de 50 anos, a Universidade UNG contribui para o desenvolvimento socioeconômico e desenvolve projetos voltados à promoção do bem-estar e qualidade de...