quarta-feira, 26 janeiro 2022
InícioDESTAQUESP ultrapassa 5 milhões de doses adicionais aplicadas contra Covid-19

SP ultrapassa 5 milhões de doses adicionais aplicadas contra Covid-19

 

São Paulo ultrapassou nesta sexta-feira (3) a marca de 5 milhões de doses adicionais de vacina contra Covid-19 aplicadas no estado. Ontem, SP anunciou a redução de 5 para 4 meses no intervalo da dose adicional da vacina de Covid-19 no estado de São Paulo. A medida foi uma recomendação do Comitê Científico do Coronavírus do Estado de São Paulo diante do atual cenário epidemiológico da doença no mundo e a proximidade das festividades de final de ano. Até as 15h desta sexta-feira (3), o Vacinômetro registrava 78.519.787 doses aplicadas em toda a campanha. Entre o total absoluto de vacinas aplicadas até o momento, 38.063.667 milhões são referentes à primeira dose, 34.278.146 milhões de segunda, 1.175.855 milhão de dose única e 5.002.119 dose adicional. 

Considerando somente os adultos, temos 94,14% da população com esquema vacinal completo. Quando considerado toda a população, são 84,7% que recebeu uma dose e 76,58% com esquema concluído. São Paulo é o Estado que mais vacina no Brasil, em números absolutos, e segue avançando com o calendário com celeridade à medida que as remessas são entregues pelo Ministério da Saúde, contando com uma logística ágil e organizada para distribuição às 645 cidades.
“O estado avança na vacinação da dose adicional, medida bastante importante antes das festas de final de ano. Reduzimos o intervalo da vacinação e esperamos ampliar ainda mais os números de SP”, destaca a coordenadora do Plano Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula. 

Segunda dose

O Governo de SP está convocando as 3,8 milhões de pessoas que ainda não compareceram para tomar a segunda dose da vacina de Covid-19 para que busquem os postos para se imunizar.
Para completar o esquema vacinal contra Covid-19, são necessárias duas doses tanto da vacina do Butantan (intervalo de 28 dias) quanto da Fiocruz e Pfizer (12 semanas). Caso o prazo seja ultrapassado, é fundamental que o cidadão procure um posto assim que possível para orientações e para completar a imunização. Para os que tomaram o imunizante de dose única da Janssen, poderá receber a dose adicional do mesmo imunizante com intervalo a partir de 2 meses.

No entanto, na ausência da vacina da Janssen, que é o que acontece com estado de São Paulo já que o Ministério não disponibilizou doses adicionais deste imunizante, é possível ser administrada uma dose adicional da Pfizer (vacina de RNA mensageiro). As Prefeituras são responsáveis pela busca ativa dos vacinados, mas o Governo de SP apoia a ação com o envio de mensagem via SMS e por email à população para lembrar a data da segunda dose conforme pré-cadastro realizado no site Vacina Já ou no momento da aplicação da vacina.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
2,828SeguidoresSeguir
1,508SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Pandemia “não está nem perto do fim”, alerta OMS

O diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, advertiu sobre a ideia "enganosa" de que a Ômicron é menos agressiva.  Ao fazer um...

Feriado de SP deve movimentar 5 milhões de veículos nas Rodovias

As concessionárias integrantes do Programa de Concessões Rodoviárias do Governo do Estado de São Paulo, regulado pela Artesp - Agência de Transporte do Estado...

Aprender um novo idioma faz bem à saúde

O aprendizado de novas capacidades, além de contribuir para uma melhor inserção social do indivíduo, torna mais eficiente a aplicação de testes neuropsicológicos para...

Pais ou responsáveis podem solicitar o CPF de crianças no Poupatempo

Menores de 16 anos que comparecem aos postos do Poupatempo em todo o Estado para serviços de RG (primeira ou segunda via), e que...

INSS começa a pagar pensões e aposentadorias com reajuste

Nesta terça-feira (25) as aposentadorias e pensões do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começaram a ser pagas com os valores reajustados de 2022. São...