segunda-feira, 17 janeiro 2022

Matrizes do forró podem se tornar patrimônio cultural do Brasil

 

As matrizes tradicionais do forró podem se tornar patrimônio cultural do Brasil nesta quinta-feira (9). A decisão ocorrerá na 99ª reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, que será transmitida pelo canal do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no You Tube.

O pedido de registro para tornar o forró patrimônio cultural foi feito em 2011 pela Associação Cultural Balaio do Nordeste, do estado da Paraíba. Nos últimos dez anos, em parceria com comunidades detentoras, foi realizada a descrição detalhada das matrizes tradicionais com registro documental e audiovisual. 

Conselho 

O  Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural é formado por representantes de instituições públicas, privadas e da sociedade civil. A coordenação fica a cargo da presidente do Iphan, Larissa Peixoto.

O conselho deve examinar, apreciar e decidir sobre questões relacionadas a tombamento e rerratificação de tombamento de bens culturais de natureza material, assim como registro e reavaliação de registro de bens culturais de natureza imaterial. O órgão também é responsável por decidir sobre a saída temporária do país de bens acautelados pela União, além de outras questões relativas ao patrimônio cultural.

Viola de cocho

Na mesma reunião será avaliada a revalidação do reconhecimento de patrimônio cultural do Modo de Fazer Viola de Cocho, típica de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, e da Cachoeira de Iauaretê, lugar sagrado dos povos indígenas dos rios Uaupés e Papuri, no Amazonas.

Para a revalidação, as comunidades detentoras dos bens culturais colaboraram com pareceres, e os documentos passaram por consulta pública para ampla contribuição da sociedade.

“Em regra, a revalidação de bens culturais deve ser realizada pelo menos a cada dez anos. A iniciativa tem como finalidade atualizar informações sobre o bem cultural, avaliar a efetividade das ações de apoio e fomento, conhecer mudanças nos sentidos e significados atribuídos ao bem, entre outras questões que contribuem para a continuidade da salvaguarda desses patrimônios”, diz nota do Iphan.


*Com informações da Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
2,828SeguidoresSeguir
1,503SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

EDP atendeu mais de 2.300 ocorrências com pipas na rede elétrica em Guarulhos em...

Durante as férias escolares, as crianças ficam por mais tempo em casa e também brincando ao ar livre, e por vezes esses momentos acontecem...

Defesa Civil já atendeu 239 ocorrências durante a temporada de chuvas fortes

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) realizou 239 operações em decorrência das chuvas que atingiram a cidade desde o início de dezembro a...

Exposições de arte são opções para as férias em Guarulhos

Para aqueles que vão aproveitar o período de férias escolares na cidade, a Prefeitura de Guarulhos oferece opções culturais com exposições de fotos no...

Prefeitura promove ações relacionadas ao transporte público para pessoas com deficiência

A Prefeitura de Guarulhos programou para esta semana treinamentos para motoristas e monitores do transporte escolar para atendimento à pessoa com deficiência, bem como...

Trilha das Abelhas dá início às atividades especiais de férias no Bosque Maia

Cerca de 30 pessoas, entre alunos, pais e professores do CEU Ponte Alta, participaram na manhã desta terça-feira (11) da Trilha das Abelhas no Bosque...