domingo, 23 janeiro 2022
InícioDESTAQUESP tem queda de 24% de faltosos da 2ª dose da vacina...

SP tem queda de 24% de faltosos da 2ª dose da vacina de Covid-19 após alerta mundial sobre variante Ômicron

 

O Estado de São Paulo registrou queda de 24% no número de faltosos da segunda dose da vacina contra Covid-19 desde o dia 26 de novembro, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu a Ômicron como uma nova variante de preocupação do SARS-CoV-2. Nesse período, mais de 944 mil pessoas compareceram aos postos de saúde para completar o esquema vacinal contra a Covid-19 em todo o Estado.
Apesar da queda, ainda há 2,9 milhões de pessoas que precisam tomar a segunda dose e, por isso, a Secretaria de Estado da Saúde está convocando a população para buscar os postos para concluir seus esquemas vacinais antes do Natal e Ano Novo. O balanço desta segunda-feira (13) contabiliza 707 mil pessoas que ainda precisam completar o esquema com o imunizante do Butantan/Coronavac, outras 742,7 mil da Fiocruz/AstraZeneca/Oxford e 1,5 milhão da Pfizer/BioNTech.
Houve queda no balanço em todos os imunizantes. Em 29 de novembro, havia 2,1 milhões de pessoas que precisavam tomar a segunda dose da Pfizer, 931,7 mil da AstraZeneca e 836,4 mil da Coronavac.
Os cinco casos de Ômicron identificados em SP até o momento evidenciam manifestação branda da Covid-19, o que pode estar associado ao fato de que todos tinham concluído seu esquema vacinal (ou seja, tinham tomado imunizante de dose única ou duas doses para demais).
As Prefeituras são responsáveis pela busca ativa dos vacinados, mas o Governo de SP apoia a ação com o envio de mensagem via SMS e por e-mail à população para lembrar a data da segunda dose conforme pré-cadastro realizado no site Vacina Já ou no momento da aplicação da vacina.
Para completar o esquema vacinal contra Covid-19, são necessárias duas doses para a vacina do Butantan (intervalo de 28 dias), da Fiocruz (8 semanas) e Pfizer (21 dias). Caso o prazo seja ultrapassado, é fundamental que o cidadão procure um posto assim que possível para orientações e para completar a imunização. O esquema vacinal da Janssen prevê apenas uma dose. 

Importância da dose de reforço
Aqueles que já completaram o ciclo vacinal, têm mais de 18 anos e um intervalo de quatro meses entre as doses da Coronavac/Butantan, Astrazeneca/Fiocruz e Pfizer, podem procurar os postos de vacinação para a dose adicional. Quem tomou a dose única da Janssen podem se imunizar com a dose adicional a partir de doses meses.
Além das vacinas, as medidas já conhecidas pela população seguem cruciais para combater a pandemia do coronavírus, como uso de máscara e higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
2,828SeguidoresSeguir
1,505SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Ícone da música brasileira, cantora Elza Soares morre aos 91 anos

A cantora Elza Soares morreu hoje aos 91 anos. A informação foi anunciada pela perfil oficial do Instagram dela. "É com muita tristeza e...

Cia Circo de Ébanos apresenta o espetáculo Eranko no Sesc Guarulhos

Nos dias 22 e 23 de janeiro de 2022 o Sesc Guarulhos recebe o espetáculo circense Eranko, apresentado pela Cia Circo de Ébanos. Os ingressos...

Dívidas do Simples poderão ser pagas ou renegociadas até 31 de março

Os negócios de pequeno porte e os microempreendedores individuais (MEI) ganharão mais dois meses para regularizarem os débitos com o Simples Nacional – regime...
rodovia-ayrton-senna

Alagamento na rodovia Ayrton Senna neste domingo

A Artesp – Agência de Transporte do Estado de São Paulo informa que, por volta de 17h deste domingo (16), ocorreu um alagamento, em...

SP inicia vacinação de crianças com comorbidades na segunda-feira

A prefeitura de São Paulo inicia na próxima segunda-feira (17), a partir das 8h, a vacinação das crianças de 5 a 11 anos de...