quarta-feira, 19 janeiro 2022
InícioDESTAQUEMundo registra 3,6 milhões de casos de Covid em 1 dia e...

Mundo registra 3,6 milhões de casos de Covid em 1 dia e bate novo recorde

 

Em meio à proliferação da variante ômicron do novo coronavírus, o mundo registrou mais de 3,67 milhões de casos de Covid-19 em apenas 24 horas. É o 5º recorde diário de novos infectados nos últimos 10 dias.

Os Estados Unidos seguem liderando o ranking de novas infecções (894 mil), mas o recorde mundial desta vez foi impulsionado pela Índia, que registrou seu maior número diário de casos desde o início da pandemia: 442 mil.

Antes da atual onda, o maior número de infectados em 1 dia no mundo era de 905 mil, registrados em 25 de abril de 2021, em meio ao colapso sanitário na Índia causado pela variante delta. O recorde de casos do país era de 414 mil, registrados em 6 de maio de 2021.

Os 10 países com mais casos confirmados nas últimas 24 horas foram:

  1. Estados Unidos: 894 mil
  2. Índia: 442 mil
  3. França: 361 mil
  4. Itália: 196 mil
  5. Espanha: 179 mil
  6. Austrália: 175 mil
  7. Argentina: 131 mil
  8. Reino Unido: 129 mil
  9. Brasil: 87 mil
  10. Alemanha: 86 mil

O Brasil voltou a ser um dos dez países com mais infectados, mesmo com o apagão de dados e a instabilidade nos sistemas do Ministério da Saúde. Foram 87 mil novos casos nas últimas 24 horas, e a média móvel voltou a ficar acima de 50 mil pela 1ª vez em 6 meses.

Os dados são de quarta-feira (12) e foram compilados e divulgados nesta quinta-feira (13) pelo “Our World in Data”, projeto ligado à Universidade de Oxford.

A quantidade de mortes por Covid-19 interrompeu uma trajetória de queda — que ocorria desde dezembro — e passou a subir nos últimos dias. Mas não está crescendo na mesma proporção da explosão do número de infectados.

Foram registrados 9,1 mil óbitos no mundo nas últimas 24 horas — e, com isso, a média móvel subiu para 6,7 mil (uma alta de 13% em uma semana e o mesmo patamar de três semanas atrás). Já a média de novos casos está em 2,77 milhões atualmente e subiu 46% e 290% nos mesmos períodos.

A média móvel de óbitos atual está inclusive abaixo da primeira onda da pandemia, em abril de 2020 (quando chegou a um pico de 7,1 mil). Na época, o mundo registrava uma média de 87 mil casos por dia.

Hoje, com 59% da população mundial vacinada com ao menos uma dose e mais da metade completamente imunizada, o mundo tem uma média de 2,77 milhões de novos infectados por dia e está registrando menos mortes.

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
2,828SeguidoresSeguir
1,503SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Poupatempo realiza primeiro mutirão do ano para renovação de CNH

Com a retomada do calendário de vencimento das Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs), que havia sido suspenso durante o período mais crítico da pandemia,...

2ª Conferência Municipal de Saúde Mental está com inscrições abertas

A partir desta quarta-feira (12) as inscrições para a 2ª Conferência Municipal de Saúde Mental de Guarulhos, que será realizada nos dias 27 e 28...

Prefeitura incentiva a vacinação de crianças com doação de livros

A Prefeitura de Guarulhos lançou no último sábado (15) o programa Imunizamente: Vacina em um Braço e Livro no Outro, ação para estímulo à vacinação infantil...

Taxa de natalidade na China em 2021 é a mais baixa desde 1949

A taxa de natalidade na China em 2021 foi de 7,52 nascimentos por mil pessoas, a mais baixa desde 1949, quando o Gabinete Nacional...

Paralisação da Receita por reajuste salarial pode atingir aeroportos

Depois de atingir a fiscalização das cargas nas fronteiras e nos portos do país, a greve dos servidores da Receita Federal avança e pode afetar os aeroportos. É o que...