sábado, 28 maio 2022
- PUBLICIDADE -
InícioCIDADECentral de Achados e Perdidos da CPTM devolveu mais de 20 mil...

Central de Achados e Perdidos da CPTM devolveu mais de 20 mil itens no último ano

 

Mais de 64 mil itens chegaram à Central de Achados e Perdidos (CAP) da CPTM em 2021, fruto do esquecimento dos passageiros que passaram pelas 96 estações das sete linhas e pelos trens da rede de ferrovia.

Estão armazenados na central todos os tipos de objetos. Dos mais comuns, como documentos e carteiras, aos mais inusitados, como pia de banheiro e até um drone, além de cadeira de rodas, muletas, bicicletas, carrinho de bebê, instrumentos musicais e ferramentas em geral. No período compreendido entre o Natal e o Ano Novo, foram recebidos cadeira de praia, caixas térmicas, guarda-sol e roupas novas que, em muitos casos, estavam com embrulho de
presente. Esses itens chegam ao local pelos próprios passageiros ou pelos funcionários.

Os itens mais perdidos nas estações e trens são documentos (cartões de crédito, RG), seguidos de carteiras, vestuário e chaves. Em 2021, foram recebidos 64.514 itens na central. A equipe devolveu 20.787, o que corresponde a 32% do total que voltou às mãos de seus donos no período.

“A nossa central tem como principal objetivo a devolução de documentos e, em alguns casos, faz busca ativa pelo proprietário”, explica Viviane Citroni, chefe do Departamento de Relacionamento com o Passageiro da CPTM.

A busca ativa pelo proprietário é responsável por 65% das devoluções da CAP, ou seja, 13.443 itens voltaram aos donos pela ação da central. A busca espontânea foi feita em 35% dos casos, resultando em 7.344 itens devolvidos.

Desde que foi criada há 22 anos, a CAP da CPTM registra alguns casos curiosos e que comprovam a importância da prestação de serviço aos passageiros. Entre esses casos, está o de uma placa de veículo, que a central precisou consultara Polícia Civil para verificar se não se tratava de placa clonada ou outra condição que inviabilizasse a devolução. Como a placa estava regular, a CAP realizou uma pesquisa e conseguiu contato com a passageira que retirou a placa
no dia seguinte, que informou ter perdido a placa ao passar por uma enchente e achava que nunca mais a recuperaria.

- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,574SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Frio espanta doadores de bazares beneficentes de São Paulo

Um fenômeno incomum acompanha a baixa temperatura que aflige o estado de São Paulo desde o início de outono, em março. O número de...

Abertas as inscrições para o Encontro Lixo Zero Melhores Práticas Guarulhos

Até as 23h59 do próximo dia 5, no link bit.ly/3NsAAar, estão abertas as inscrições para o Encontro Lixo Zero Melhores Práticas Guarulhos. O evento...

Anvisa pede uso de máscara para adiar chegada da varíola dos macacos

Diante do aumento no número de casos da varíola de macaco, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu nota reforçando a necessidade de...

Mais de 3,4 mil pessoas são atendidas no Programa Saúde Agora

No sábado (21), com a abertura de todas as Unidades Básicas de Saúde para a campanha de vacinação contra a Covid-19 e de Papanicolau,...

Senhas para o mutirão do CadÚnico no CEU Ponte Alta serão entregues até sexta

O quarto mutirão do Cadastro Único de 2022 ocorrerá no CEU Ponte Alta (rua Pernambuco, 836, Jardim Ponte Alta I) no próximo sábado (28),...