sexta-feira, 12 agosto 2022
PUBLICIDADE

Bosque Maia sediou o 1º Festival de Inverno de Guarulhos

 

O público de Guarulhos teve a oportunidade de assistir, no Bosque Maia, a belas apresentações que fizeram parte do 1º Festival de Inverno de Guarulhos, ação cultural gratuita promovida pela Secretaria de Cultura do Município.

A iniciativa foi da Diretoria de Atividades Culturais, que convidou o maestro Emiliano Patarra, diretor do Conservatório Municipal, para organizar a parte artística. A ideia foi inspirada nos grandes festivais de inverno que acontecem em diversas cidades pelo mundo afora.

Em meio à programação, o 1º Festival de Inverno ofereceu ao público espetáculos e concertos ao ar livre com as orquestras Gru Sinfônica e Orquestra Jovem (OJMG) e mais de 20 grupos musicais do Conservatório, dentre os quais Big Band Prata da Casa, Banda Sinfônica, Roda de Choro do Samuka, Almanaque e Guarulhos Pop’s Orchestra.

No sábado, apresentaram-se: Maurício Liberal, Glowing Tree, Guilherme Vazquez e Ronnie Oliveira, Boca no Trombone, Cia. de Teatro Musical Tati Gurgel, Guarulhos Pop’s Orchestra, concluindo com a Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos, que executou trilhas de filmes e de animação.

No domingo: grupos de Violino Infantil e pianistas do Conservatório Municipal de Guarulhos, Brains on Fire, Grupo Árias e Cantigas, Grupo Guarucellos / Corda Bamba, Groo Jazz, Roda de Choro do Samuka. O encerramento se deu com a apresentação da Orquestra GRU Sinfônica, mostrando Grandes Aberturas Românticas, sob regência de jovens maestros que fizeram parte de oficinas realizadas no Festival de Campos do Jordão, no qual a GRU Sinfônica foi a orquestra residente.

O maestro Emiliano Patarra explicou ao público sobre a mescla de estilos que compuseram o Festival e o significado de cada uma das peças que seriam executadas pela GRU Sinfônica, tecendo comentários a respeito de cada um dos maestros: O colombiano Luis Felipe Calero Perez regeu a abertura “Egmont”, de Beethoven; Felipe Ayala, de Brasília, “Festival Acadêmico”, de Johannes Brahms; Kaíque Stumpf regeu “O barbeiro de Sevilha”, de Rossini; Otis Enokido-Lineham, de Londres-Inglaterra, regeu “O corsário”, de Hector Berlioz; Flávio Lago, de São Paulo, regeu “As alegres comadres de Windsor”, de Otto Nicolai, e Lucas Araújo, “O morcego”, de Johann Strauss Jr.

O prefeito em exercício e secretário da Cultura, Jesus Roque Freitas, compareceu e fez breve pronunciamento sobre o evento, enfatizando a importância de levar espetáculos de alto nível para a população.

Embora no decorrer da tarde o Sol quente tenha feito diminuir o público, o concerto da GRU Sinfônica praticamente lotou as cadeiras disponíveis e havia pessoas assistindo pelas imediações. Era perceptível a aprovação das pessoas à iniciativa, bem como pela qualidade das execuções. Os músicos foram aplaudidos de pé ao final das apresentações. Foi uma mostra de que, aparentemente, a população imagina não gostar de música clássica mais por desconhecimento. Quando têm a oportunidade de assistir ao vivo, como aconteceu neste fim de semana, as pessoas passam a ter uma noção diferente e é provável que venham a ter interesse por conhecer mais a respeito.

Valdir Carleto

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,614SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Período de matrícula e rematrícula para 2023 da rede estadual de ensino de São...

Quem desejar estudar ou permanecer na rede estadual de ensino de São Paulo em 2023, deve efetuar a matrícula e rematrícula ainda hoje (9)....

Alunos da rede municipal recebem o CrediLivro para a compra de obras durante a...

Com o objetivo de estimular o gosto pela leitura desde a infância, a Prefeitura de Guarulhos disponibiliza o CrediLivro aos alunos da rede municipal...

AEG promove workshop de finanças focado nas matrículas para 2023

Para quem empreende na educação o ano de 2023 já começou. Pensando em apoiar os gestores de escolas para alcançarem os melhores resultados no...

Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos

O autor e ator Jô Soares morreu na madrugada de hoje (5), aos 84 anos, em São Paulo. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês. A...

Paróquia São Roque celebra padroeiro com festa a partir deste final de semana

A Paróquia São Roque, no Parque Cecap, inicia neste sábado, 6, a partir das 19h, a sua tradicional festa em louvor ao santo que...
- PUBLICIDADE -