PUBLICIDADE
InícioCIDADEMOBILIDADEViaMobilidade usa realidade virtual para treinar operadores nas linhas 8 e 9

ViaMobilidade usa realidade virtual para treinar operadores nas linhas 8 e 9

Publicado em
PUBLICIDADE

A ViaMobilidade Linhas 8 e 9 está utilizando um simulador de operação de trens em realidade virtual para o treinamento de condutores. Por meio de óculos e dois controles de mão, os colaboradores conseguem vivenciar situações que ocorrem durante a operação.

Com o simulador, desenvolvido pela Waba, é possível realizar atividades como inicialização do trem, procedimentos para dar início à prestação do serviço, abrir e fechar as portas, frear, acelerar e controlar a velocidade. Também é possível conduzir pela réplica da via e visualizar detalhes como curvas, plataformas e sinalização.

 

O dispositivo replica um trecho da via entre as estações Pinheiros e Cidade Jardim e traz todos os detalhes de uma cabine, do painel de controle e até os principais pontos da paisagem do trajeto entre as estações da Linha 9-Esmeralda, como a ciclovia do Rio Pinheiros e os principais edifícios da região.

“A utilização do simulador é uma iniciativa proativa da ViaMobilidade Linhas 8 e 9, pois não é uma exigência contratual. Decidimos implementar esta tecnologia em prol do conforto e da segurança dos passageiros, que são prioridades da concessionária desde quando assumimos a operação das linhas”, afirma Hamilton Trindade, Gerente Executivo de Atendimento da ViaMobilidade Linhas 8 e 9.

Até o momento, a ViaMobilidade Linhas 8 e 9 adquiriu cinco equipamentos. Por meio dos Oculus Quest 2, o simulador permitirá que os condutores se sintam imersos.

“É possível interagir com os equipamentos, apertar os botões e realizar todos os processos que fazem parte do dia a dia, como dar partida, conduzir o trem pelas estações, frear e ter a experiência de todas as eventualidades que podem surgir pelo caminho, como uma parada de emergência, simulação de entrada e saída de passageiros, entre outras”, explica Sérgio Ferreirinho, CEO da Waba.

A simulação foi desenvolvida por meio do software Unity, que permite criar toda a ambientação em 3D e todas as interações.

“Durante todo o processo, a Waba buscou o máximo de realismo em todos os detalhes do cotidiano do condutor, desde a velocidade com que o trem parte da estação, ao som e vibração do manípulo — utilizado na operação da composição”, afirma também o CEO.

“Um dos desafios para o desenvolvimento da simulação em realidade virtual foi usar joystick para substituir o manípulo, pois este é fixo, demanda uma força para levá-lo para frente e acelerar e levá-lo para trás para reduzir velocidade ou frear, porém com a tecnologia conseguimos dar o mesmo realismo através da combinação de vibração e áudio. Ficou nítido que a realidade virtual funciona muito bem para esse tipo de ação, fizemos testes com diversos condutores que afirmaram que a operação é muito semelhante à do dia a dia”, complementa.

A nova ferramenta facilitará os treinamentos, já que os óculos irão até onde o condutor está e não haverá mais a necessidade de levar todos os condutores para um simulador. Outro ganho é que os condutores poderão ter treinamentos mais frequentes.

O objetivo é que todos os condutores possam utilizar o simulador minutos antes de iniciar o trabalho. A atividade funciona como uma forma de manter sempre ativos na memória do condutor os principais procedimentos da operação, reforçando a segurança dos passageiros.

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE