PUBLICIDADE
InícioECONOMIASetor de serviços na cidade de SP cresce 11,1% no primeiro semestre

Setor de serviços na cidade de SP cresce 11,1% no primeiro semestre

Publicado em
PUBLICIDADE

Se o turismo foi um dos setores mais afetados da economia brasileira durante a pandemia de Covid-19, é a sua retomada agora que traz boas notícias ao País. Na cidade de São Paulo, a alta de 150,5% no faturamento do primeiro semestre de 2022, em comparação ao mesmo período do ano passado, fez o setor turístico puxar a alta de 11,1% registrada pelas receitas dos serviços, como um todo, na metrópole, segundo relatório da Pesquisa Conjuntural do Setor de Serviços na Cidade de São Paulo (PCSS), elaborado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

O faturamento do setor atingiu R$ 313,4 bilhões nos 6 primeiros meses do ano, uma diferença de R$ 31,2 bilhões em relação ao mesmo período de 2021.

 

Segundo a federação, a alta foi puxada por um crescimento de 150,5% no faturamento do setor de turismo. Para a entidade, a volta dos eventos de negócios, como feiras e convenções, além da oferta gastronômica, impactou positivamente nos resultados do primeiro semestre.

A expectativa da FecomercioSP é de que o segundo semestre também se encerre em alta, de 7,3%, com um volume de receitas estimado em R$ 350 bilhões.

Para a entidade, apesar dos dados serem extremamente positivos, o cenário ainda é de incertezas, por causa da manutenção dos preços altos, dos juros elevados e do volume grande de pessoas endividadas.

“A conjuntura, ao permitir otimismo, também exige dos empresários do setor ajustes nos investimentos e nas despesas de acordo com o movimento do fluxo de caixa, além das reduções dos custos e de novas dívidas”, recomenda a Fecomercio.

*Com Informações do Fecomercio e Agência Brasil

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE