PUBLICIDADE

Cresce mercado de produtos de origem vegetal; Korin lança pão de queijo vegano

O termo “Plant-based” refere-se a um conceito alimentar que valoriza o consumo de alimentos de origem vegetal íntegros em abundância, ou seja, que não sejam refinados ou ultraprocessados. E também recomenda excluir o consumo de produtos de origem animal, como ovos, laticínios e carnes. Segundo estudo do Boston Consulting Group, o mercado de alimentos plant-based está em crescimento e pode representar até 7,7% do mercado global de proteínas até 2030. Entre os principais atrativos, estão a praticidade e a conveniência. A demanda avança especialmente entre as novas gerações.

Outro termo relacionado à alimentação e que requer que seja definido o que significa é “flexitarianos”, que são pessoas que deixam de ingerir alimentos de origem animal pelo menos uma vez por semana. A proposta central do flexitarianismo é ter uma alimentação flexível e reduzir — em vez de excluir — o consumo de alimentos de origem animal, priorizando a ingestão de vegetais, como verduras e legumes.

 

Já quem adota a alimentação vegana defende a filosofia e o estilo de vida que busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade com animais para alimentação, vestuário ou qualquer outro propósito. Enquanto isso, vegetariano é um regime alimentar baseado no consumo de alimentos de origem vegetal. Define-se como a prática de não comer qualquer tipo de animal, com ou sem uso de laticínios e ovos.

No Brasil, os flexitarianos, vegetarianos e veganos representam mais de 14% da população, de acordo com recente pesquisa do Ibope Inteligência de Mercado.

Atenta a esse crescimento do mercado, a Korin Alimentos, referência no mercado de produtos saudáveis, amplia a linha e coloca à disposição dos consumidores seu pão de queijo vegano. O novo produto é encontrado em pacotes com dez unidades e está disponível nos pontos de venda. O pão de queijo vegano da Korin não contém lactose nem soja, é 100% vegetal e tem baixo teor de gordura saturada. Ele incrementa o portfólio de produtos Vegan e compõe a linha Que Tal?, com itens que seguem a filosofia e os valores da Korin para a produção de alimentos que privilegiam o equilíbrio entre a saúde humana, a preservação do homem no campo e o uso dos recursos naturais.

“Nosso público-alvo são os consumidores flexitarianos, vegetarianos e veganos. Este é um pão vegano com aroma de queijo parmesão. Entre os ingredientes, usamos óleo de girassol, batata em flocos, levedura nutricional e um aromatizador sabor queijo parmesão e sal”, informa Mariana Nagata, diretora de Marketing e Novos Negócios da Korin Alimentos.

Sobre a Korin

Com sede em Ipeúna (SP), a empresa brasileira nascida em 1994 pertence à Igreja Messiânica e segue a visão baseada na filosofia e no método da Agricultura Natural, de Mokiti Okada, que privilegia o equilíbrio entre a saúde humana, a valorização de homens e mulheres no campo e o uso dos recursos naturais. A Korin é pioneira na criação de frangos sem o uso de grãos transgênicos e sem antibióticos, sejam eles terapêuticos ou como promotores de crescimento. Toda a produção de alimentos da empresa é livre de agroquímicos.

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE