PUBLICIDADE
InícioCONSUMIDORPix: mais de 3 mil chaves foram vazadas de banco; veja como...

Pix: mais de 3 mil chaves foram vazadas de banco; veja como evitar golpes

Publicado em
PUBLICIDADE

3 mil chaves de Pix foram vazadas de dados cadastrais do Banco do Estado do Pará (Banpará) na última quinta-feira (18). Conforme a Folha de S.Paulo, o comunicado oficial do Banco Central detalhou que não ocorreu a exposição de dados sensíveis, como senhas ou valores de saldos das contas. 

Esse é o oitavo vazamento desde o lançamento do Pix, em 2020. Segundo o informe, o problema ocorreu por “falhas pontuais do sistema”. 

 

O Pix é uma ferramenta de transferências e pagamentos digitais que funciona no Brasil e é necessário ter atenção para evitar golpes.

Caso você tenha caído em um desses golpes mencionados, o ideal é acionar a polícia e a sua instituição bancária. Você também pode registrar uma reclamação no Banco Central contra a instituição onde o golpista possui conta.

Dicas para não cair no golpe do Pix

  • Senhas diferentes: uma mesma chave não pode ser utilizada em bancos diferentes;
  • Confira dados de quem vai receber: confirme se a chave e os dados do destinatário estão corretos. Com o Pix, a transferência ocorre de forma instatânea e irreversível;
  •  Utilize autenticação de dois fatores: A autenticação em dois fatores é uma camada extra de proteção para seus dados pessoais e bancários. Você insere uma segunda senha para acessar alguma conta ou aplicativo. Com ela, a necessidade de acessos duplica, e, consequentemente, o trabalho que um golpista pode ter para tirar dinheiro de você. Além disso, aqui vão mais duas dicas para dificultar o acesso aos aplicativos financeiros: Use o recurso de desbloqueio/acesso com impressão digital. Utilize o recurso da pasta segura para “esconder” os apps bancários em uma pasta que só pode ser aberta com senha ou digital.
  • Privacidade: evitar disponibilizar chaves do Pix com dados pessoais – como CPF, email e telefone – a pessoas desconhecida;
  • Cuidado com a senha do app do banco: não compartilhar a senha com ninguém;
  •  Suspeite de links enviados por desconhecidos: Ao receber uma mensagem com link, anexo ou Qr Code suspeito, não realize nenhuma ação indicada antes de confirmar se o conteúdo é verdadeiro.

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE