PUBLICIDADE
InícioABASTECIMENTOMotobomba da Sabesp começa a funcionar no Rio Grande do Sul

Motobomba da Sabesp começa a funcionar no Rio Grande do Sul

Publicado em
PUBLICIDADE

O primeiro conjunto de motobomba da Sabesp enviado ao Rio Grande do Sul foi instalado em menos de dois dias na região de Rio Branco, em Canoas, e entrou em operação na noite de sábado, 18/5. Equipamentos desse porte podem levar até oito dias para serem instalados.

O segundo conjunto está em fase de instalação em Porto Alegre. Os dois foram enviados por meio de avião da Força Aérea Brasileira (FAB) e carreta do Exército Brasileiro. Os equipamentos serão utilizados em ação de macrodrenagem – remoção de água acumulada em grandes áreas. 

 

Nos próximos dias, mais 16 equipamentos serão enviados pela Sabesp. Dois conjuntos estão seguindo por avião da FAB e o restante está sendo transportado por carretas do Exército rumo ao Rio Grande do Sul neste fim de semana. 

Usadas no Sistema Cantareira durante a severa estiagem que atingiu a Região Metropolitana de São Paulo há uma década, cada uma dessas bombas pesa cerca de 10 toneladas e tem capacidade de transferir mais de 1.000 l/s de água de um local para outro. Esse equipamento é capaz de encher uma piscina olímpica em 30 minutos. Como são flutuantes, elas “acompanham” o nível da água, evitando a necessidade de deslocamento de um ponto para outro.

A Sabesp também está enviando mais equipes para o Rio Grande de Sul. Ao todo, 57 profissionais e 21 veículos, além de equipamentos técnicos, estão no Estado atuando em instalações do sistema de água danificadas pelas cheias, como equipamentos de bombeamento e estações elevatórias, e na distribuição de água potável. A mobilização é parte das ações do Governo de São Paulo para ajudar a população gaúcha.

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE