Empresa que assumirá coleta de lixo é forte no Estado de SP

A Trail Infraestrutura, que assumirá a coleta de lixo em Guarulhos a partir do dia 31, quarta-feira, faz parte do forte Grupo Tejofran, que presta serviços de diversos tipos ao governo estadual e a concessionárias de rodovias.

Sua Assessoria de Imprensa informou ao Click Guarulhos que a Trail faz coleta de lixo nas cidades de Campinas, Sorocaba, Jundiaí e Cajamar. Em Jundiaí, inclui compostagem e em Campinas, a coleta seletiva. É especializada também no sistema de coleta com utilização de contêineres. Segundo afirmou, a empresa ganhou vários prêmios pela qualidade de seus serviços. Argumentou que essas informações ainda não constam no site, que está sendo atualizado.

A área de engenharia da Trail participa do consórcio que está construindo a linha 13-Jade da CPTM, que deve ser concluída nos próximos meses. Esse dado consta no site da empresa, bem como atividades em várias outras frentes nas quais a empresa atua.

LIGAÇÕES ANTIGAS

O grupo Tejofran cresceu muito no Estado de São Paulo durante os governos tucanos. Já no primeiro governo de Mário Covas, contratos chamaram a atenção pelo fato da empresa pertencer a Antonio Dias Felipe, amigo e compadre do governador. O filho de Covas, conhecido como Zuzinha, é afilhado e foi advogado de Felipe. Diante das suspeitas de favorecimento devido à proximidade com o núcleo do poder paulista, o empresário disse que havia sido o primeiro cliente do escritório de Zuzinha, que foi acusado pelo senador Renan Calheiros de ter tentado beneficiar o grupo Tejofran em negócios com o Ministério da Justiça quando ele era titular da pasta, no governo FHC. Calheiros alega ter perdido o cargo por pressão do governo paulista, por ter barrado as pretensões de Covas de que o Estado escolhesse a empresa que faria a inspeção veicular

Nas gestões de Geraldo Alckmin, cresceram as ramificações do grupo, prestando serviços à Dersa, ao DER, Daae, Metrô e Sabesp. Essa desenvoltura gera, vez ou outra, questionamentos do Tribunal de Contas do Estado e do Cade (Conselho Administrativo de Direito Econômico), quanto a supostos favorecimentos, o que sempre é negado pelos dirigentes da Tejofran.

SERVIÇOS MONITORADOS

A Assessoria de Imprensa afirma que todas essas questões têm sido prontamente esclarecidas, que o grupo age de acordo com as leis e que nada tem a esconder, pois o crescimento é fruto da boa qualidade dos serviços prestados. Sugere que a Reportagem vá às cidades onde a Trail opera para aferir essa qualidade. Exemplifica citando que em Sorocaba os caminhões são monitorados por GPS em tempo real. Assim a coleta é controlada por computador, acompanhando em quanto tempo a coleta é feita em cada local e quais ruas foram atendidas. Naquela cidade, a coleta é feita pelo CSA Consórcio Sorocaba Ambiental, do qual a Trail participa com as empresas Heleno & Fonseca e Litucera. Em Jundiaí, o material oriundo da compostagem do lixo é utilizado para adubar praças e parques.