Motoristas e cobradores decretam greve a partir da zero hora desta sexta, 10

Foto: Reprodução site Sincoverg

Segundo o site do Sincoverg, sindicato que abrange motoristas e cobradores de ônibus de Guarulhos e Arujá, “mais de 3 mil trabalhadores” que estiveram presentes na assembleia geral extraordinária (realizada no dia 6 de maio) rejeitaram a proposta patronal e decretaram greve a partir da zero hora desta sexta-feira, 10. A paralisação envolve o transporte municipal e intermunicipal. O Guaruset (Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos e Metropolitanos de Passageiros de Guarulhos e Arujá) informou que uma audiência de conciliação está agendada para as 14h desta quinta-feita, 9, no Tribunal Regional do Trabalho (TRT-SP). O departamento jurídico do Sincoverg informou em nota que vai tentar reagendar a reunião para sexta-feira, 10. 

“Recebemos a proposta (indecente) da Guaruset (Sindicato das Empresas de Transporte Urbano) a todas as trabalhadoras e trabalhadores de nossa categoria. Com mais de 3 mil trabalhadores presentes, a proposta foi rejeitada e em regime de votação a categoria aprovou a greve para o dia 10 de maio, sem data determinada para retornar”, escreveu o presidente da entidade, Orlando Maurício Jr. (Brinquinho).

“Companheirada, vocês têm acompanhado as dificuldades da campanha salarial deste ano. Os empresários querem acabar com a nossa PLR e implantar banco de horas. O reajuste salarial oferecido sequer repõe a inflação do ano”, completou.

Sindicato patronal

Em nota, o Guaruset informa que segue negociando com o Sincoverg para evitar a paralisação agendada para esta sexta-feita, 10.

“Reforçando seu compromisso com a população de Guarulhos e região, o Guaruset informa que está atuando por meio de todas as medidas cabíveis a fim de encerrar as negociações coletivas com o Sincoverg. Desta forma, em resultado aos esforços da entidade, o sindicato da categoria foi convocado para audiência de conciliação no início desta tarde, às 14h, a ser realizada no TRT de São Paulo.”

Guarupass

Também em nota, a Guarupass (associação que representa a Empresa de Ônibus Vila Galvão, Guarulhos Transportes, Viação Campo dos Ouros e Viação Urbana Guarulhos) reforçou que a Guaruset “está atuando para encerrar as negociações coletivas com o sindicato”.

Prefeitura aciona plano emergencial para minimizar efeitos da greve

Notificada na terça-feira (7) sobre a paralisação das linhas municipais do transporte público da cidade, a Prefeitura de Guarulhos informou que a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU) elaborou um plano emergencial para atenuar os efeitos da greve junto à população.

De acordo com a STMU, 66 linhas que servem, diariamente, 367 mil passageiros podem ser afetadas. Por sua vez, amparada pela legislação, a STMU já informou oficialmente às empresas que durante o período de greve elas terão de colocar nas ruas pelo menos 40% da frota para prestar o serviço à população.

Outra ação definida pela Prefeitura é a deflagração do Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese), no qual veículos de permissionários (micronibus), que prestam serviço dos bairros até os terminais de ônibus, irão estender o percurso para  as principais avenidas e à região central da cidade, que normalmente são atendidas pelas concessionárias. Todas as medidas legais estão sendo adotadas pela STMU no sentido de minimizar os transtornos à população.

Mediação do Conflito
Em nota, o Sincoverg afirma que, “assim como a Guaruset e a Prefeitura de Guarulhos, também tem interesse em encontrar uma solução adequada para o conflito, respeitando o judiciário e o direito de greve dos trabalhadores”.

O sindicato informou também que recebeu no início de tarde desta quinta-feira, 9, do TRT-SP, notificação para comparecer a uma mediação de conflito, hoje, às 14h30, para concluir a campanha salarial e mediar para que não entrem em dissídio.

“Como a notificação foi em cima da hora, nosso departamento jurídico está a caminho do TRT para reagendar essa reunião para amanhã, dia 10/5, sexta-feira”.

*Reportagem atualizada às 13h30