PUBLICIDADE
InícioCIDADEPesquisa aponta que PT nem iria para segundo turno em Guarulhos

Pesquisa aponta que PT nem iria para segundo turno em Guarulhos

Publicado em
PUBLICIDADE

Pesquisa encomendada pela Folha Metropolitana, sobre a tendência eleitoral deste ano em Guarulhos, mostra perspectivas negativas para a pretensão do PT de permanecer à frente da Prefeitura por mais 4 anos.

O pré-candidato do PSB, vereador Guti aparece em primeiro lugar, com 14%, tendo Carlos Roberto (PSDB) com 11% e Eli Corrêa Filho (DEM) com 10%. Nesse cenário, o deputado estadual Alencar (PT) está com 9%; Jorge Wilson (PRB) com 6%, Wagner Freitas (PTB) com 3%, Jovino Cândido (PV), 2%; Gileno (PSL), 2% e Fausto Miguel Martello (PSD), 1%. O pré-candidato da Rede Sustentabilidade, Alexandre Zeitune, não pontuou.

 

Considerando que a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos, dá para concluir que os quatro primeiros estão tecnicamente empatados, mas é evidente a vantagem da oposição na cidade.

Brancos e nulos somam 23% e 18% declararam-se indecisos. Esse elevado percentual de eleitores que não pretendem votar em ninguém ou não definiram preferência indica o descontentamento com a classe política em geral e desconhecimento dos nomes colocados na disputa.

Quando a pesquisa coloca Elói Pietá no lugar de Alencar, o ex-prefeito atinge apenas 6%, o que causa estranheza, diante do conhecimento do nome perante o eleitorado. Há de considerar, entretanto, que o deputado vem trabalhando as bases continuamente e Pietá há 12 anos não disputa uma eleição. Contra Elói, Guti sobre para 16%, Carlos Roberto para 15% e Eli Corrêa para 12%. Os brancos e nulos sobem para 30% e os indecisos chegam a 21%. Somados, portanto, passam da metade dos 803 guarulhenses ouvidos pela pesquisa.

Em todos os cenários de segundo turno, os candidatos de oposição derrotariam Alencar caso ele consiga passar da primeira fase: Guti teria 23% e Alencar, 14%; CR, 23% e Alencar, 15%; Eli, 22% e Alencar, 15%. Quando dois da oposição são confrontados no segundo turno, Guti levaria a melhor contra Eli (23 a 18) e contra Carlos Roberto (21 a 20). Entre CR e Eli, o tucano ganharia do democrata por 20 a 19. Nos cenários entre os oposicionistas, os resultados ficam dentro da margem de erro, no extremo se for Guti contra Eli Corrêa Filho.

Uma das razões para a desvantagem petista na pesquisa, além do desgaste do partido em nível federal, é a avaliação ruim que o povo guarulhense faz da gestão de Sebastião Almeida: 44% dos pesquisados a consideram péssima; 23%, ruim e 21%, regular. Apenas 7% julgam-na boa e 1%, ótima; 4% não souberam ou quiseram opinar.

Um aspecto estranho nessa pesquisa é que não foi cogitado cenário com o secretário de Educação e vereador licenciado Moacir de Souza, que também disputa a indicação do PT para ser candidato a prefeito.

Elaborada pela Cruz Consulting/Ibrap, a pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP-04289/2016, com um nível de confiança de 95%. Foi publicada na edição desta terça-feira e está disponível no link http://folhametro.com.br/wp-content/uploads/2016/03/folhametro-22-03-16.pdf

Valdir Carleto

foto: SH Drone

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE