Ex-prefeito Jovino contesta pesquisa do Ibope

Foi protocolado nesta quinta-feira, 30, pela presidente do diretório municipal do PV, Paula Aparecida Gonçalves da Silva, pedido de impugnação do registro e divulgação da pesquisa eleitoral feita pelo Ibope Inteligência Pesquisa e Consultoria Ltda, que mostra a intenção de voto para prefeito na cidade de Guarulhos. A pesquisa que tem previsão para ser divulgada na próxima segunda-feira, 4, foi realizada entre os dias 24 e 27 de junho, com 812 eleitores entrevistados.

Segundo o prefeiturável Jovino Cândido, “é no mínimo estranho um instituo caro como o Ibope, que já errou muito por aí e que há tempos não fazia nada na cidade fazer pesquisa logo depois de outra feita por outro instituto ter sido publicada. Me parece que estão passando recibo”.

Jovino questiona também uma lista apresentada na entrevista “espontânea”, que, inclusive, o ex-prefeito e ex-deputado federal ficou de fora. “Na pesquisa espontânea, aquela em que o entrevistado deve opinar sem saber quem são os candidatos, o Ibope mostrou uma lista dos pré-candidatos. Isso influencia diretamente no número final, já que a espontânea deveria medir o nível de conhecimento do eleitor do cenário eleitoral”, explicou Jovino.

Questionado sobre a pesquisa feita pelo Instituto Sebram, publicada originalmente no jornal Guarulhos Hoje, o pré-candidato aponta o grande número de indecisos na cidade que a pesquisa revelou. “Mas a maioria mostrada na pesquisa parece querer mudanças e isso é o que sinto nas ruas”. Além disso, Jovino acredita que a análise do Ibope “cheira a uma intenção de contestar o resultado do Sebram”, concluiu.