Vem cá, deixa eu te contar um segredo…

Por Tamiris Monteiro | Foto: banco de imagens

Ficou curioso só de ler o título? Nesta edição, em especial, nos empenhamos em explicar qual é o segredo por trás do segredo. Parece confuso, mas não é. E a gente explica: nas páginas seguintes, nos dedicamos a contar um pouco sobre a história do segredo; afinal, desde que o mundo é mundo, as pessoas guardam assuntos que não podem ser compartilhados. Pelo menos não com muita gente.

Mais do que estar inserido no nosso dia a dia, o sigilo em torno de alguns assuntos tem cunho histórico, tanto que há bastante tempo a igreja católica usa dessa artimanha nos confessionários. O segredo é tão poderoso que, inclusive, pode colocar alguém em posição de prestígio apenas por essa pessoa ter uma informação valiosa. Ou seja, não se restringe apenas em ser um hábito corriqueiro.

Para se ter ideia, existe até sigilo profissional, previsto nos códigos de ética de cada profissão e que consta no Código Penal Brasileiro. Outro assunto abordado é como diferenciar informação sigilosa de fofoca; afinal, a sociedade ganhou uma poderosa arma na disseminação de conteúdos duvidosos: a internet.

Também é muito importante entender as consequências que um segredo ao ser guardado ou compartilhado pode trazer, principalmente em relação à saúde. Embora desabafar problemas e colocar para fora aquilo que sufoca é uma necessidade humana, em alguns casos o receptor da confidência pode manifestar sintomas, como tensão e ansiedade; esgotamento físico e mental; e falta de concentração por conta do pensamento fixo no tema.
Para finalizar, uma lista de segredos que intrigam a humanidade, a maioria deles bastante polêmicos e relacionados com questões políticas, religiosas e científicas, como a existência da Área 51, os mistérios da maçonaria e até mesmo a tão procurada fórmula da marca Coca-Cola.

Leia mais sobre essa reportagem especial da RG 120:

Você sabe guardar segredo?

Segredos polêmicos