Partido Novo quer ter candidatos a prefeito e à Câmara em Guarulhos

Cerca de 40 moradores de Guarulhos participaram na segunda-feira, 26, de um encontro de apresentação do Partido Novo, organizado pelo grupo de filiados e apoiadores da cidade.

O evento ocorreu no Espaço Novo Mundo (Livraria Nobel), no Jardim Maia, e contou com palestras de dois deputados estaduais eleitos pelo partido em outubro: Daniel José e Ricardo Mellão. Também estiveram presentes Rafael Zucco e Rapha Gaeta, ambos de Guarulhos, que disputaram cadeiras na Assembleia Legislativa, mas não foram eleitos.

Deputado estadual eleito Daniel José

Felipe Coelho, um dos atuais coordenadores do grupo de filiados e apoiadores, disse na abertura do encontro que o Novo objetiva participar da eleição municipal de 2020, lançando candidatos a prefeito e a vereadores. Mas, para que isso seja possível, o partido precisa obter um número suficiente de filiados, para que seja constituído um diretório municipal. Hoje o partido tem 105 filiados na cidade e a meta é chegar a pelo menos 300 ao longo de 2019.

Resultados

Em nível nacional, o Novo alcançou a marca de 30 mil filiados. Fundado em 2011, o Novo obteve seu registro no Tribunal Superior Eleitoral em 2015. Disputou sua primeira eleição no ano seguinte, elegendo vereadores nas cidades de São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Porto Alegre. Partido com maior engajamento nas redes sociais, obteve 15,7 milhões de votos nas eleições gerais deste ano, elegendo Romeu Zema como governador de Minas Gerais; onze deputados estaduais, um distrital e oito federais. João Amoêdo, seu candidato à Presidência da República, obteve mais de 2,6 milhões de votos, terminando o pleito na quinta posição e superando nomes bem mais conhecidos da política, como Marina Silva, Álvaro Dias e Henrique Meirelles.

De pensamento liberal, o Partido Novo defende redução do tamanho do Estado e que as atividades públicas sejam focadas essencialmente nas áreas de educação, saúde, segurança pública e, em parceria com a iniciativa privada, em investimentos de infraestrutura básica.

Segundo Felipe Coelho, o Novo é o único partido político que não usa dinheiro público para financiar suas atividades. “Todos os recursos necessários para tais fins vêm das mensalidades pagas pelos filiados (R$ 28,81) e de doações feitas por filiados e simpatizantes. Daí a importância de, no caso de Guarulhos, o partido alcançar um número mínimo de filiados para que, com a arrecadação, possa obter a verba necessária para custear a instalação de um diretório”, salientou. Ele acrescentou que, embora muitos não saibam, os partidos recebem dinheiro oriundo dos impostos para se manter. “O chamado Fundo Partidário é um repasse mensal que todos os partidos recebem, inclusive aqueles que não possuem nenhum representante eleito e que, só neste ano, representará uma despesa para o contribuinte na ordem de R$ 880 milhões. Além disso, para compensar a proibição de financiamento de campanhas por empresas, imposta pelo Supremo Tribunal Federal, o Congresso Nacional aprovou em 2017 a criação de uma nova e generosa fonte de recursos. Trata-se do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, mais conhecido como Fundo Eleitoral, que despejou este ano mais de R$ 1,7 bilhão nos cofres dos partidos. Em outras palavras, enquanto, por exemplo, faltam macas e medicamentos básicos em hospitais, faltam vagas em creches e viaturas policiais não podem rodar por falta de peças e até de combustível, o País vai torrar em 2018 algo em torno de R$ 2,6 bilhões para bancar partidos políticos e campanhas eleitorais”, informou.

Recursos serão devolvidos

Felipe Coelho afirmou que, por ser contra esse descaso com o dinheiro público, o Novo vem recebendo suas cotas desses fundos, mas mantém o dinheiro depositado em caderneta de poupança, até que seja aprovada uma lei que permita sua devolução ao Tesouro Nacional. “Essa precaução é importante porque, atualmente, se o dinheiro for devolvido ele será imediatamente redistribuído aos partidos”, concluiu.

Quem quiser obter mais informações sobre o Partido Novo, pode acessar o site www.novo.org.br. Para acompanhar as atividades do grupo de apoiadores do Novo em Guarulhos pode seguir a página no Facebook, que já conta com cinco mil seguidores: facebook.com/partidonovo30guarulhos