domingo, 5 de abril de 2020
ACE Guarulhos
sabesp
Espaço Livre Café Bar
Centro Britânico
Varejão do Ferro
Faculdades Guarulhos
Hiperfarmac
Perfumaria Soneda
Guarupass
Colégio Clip
 

Palestra de Leandro Karnal lota auditório da Bienal de Guarulhos

 

O historiador Leandro Karnal foi o grande destaque da Bienal do Livro de Guarulhos “Páginas que Conectam”, no início da noite deste sábado, 1. Um público com mais de 350 pessoas lotou o auditório principal do evento para prestigiar a palestra “O dilema do porco espinho – Como encarar a solidão”, que também dá nome à sua mais recente obra.

Sucesso de público por onde passa e até mesmo nas redes sociais, Karnal apontou maneiras de tornar a solidão em momento criativo, quando uma pessoa aproveita o isolamento, por exemplo, para pensar sobre si mesmo, seus valores, seu comprometimento com a sociedade. Tal ideia vai de encontro à solidão destrutiva, que gera apenas tristeza e depressão.

A maneira destrutiva nós chamamos solidão; a construtiva, solitude. A dor, o sofrimento, o envelhecimento e a morte são inevitáveis, mas o sofrimento é opcional. Quanto mais você souber cultivar uma solidão construtiva, solitude, mais você vai se aproximar de uma vida plena”, define Karnal.

Durante a palestra, Karnal falou ainda sobre a importância da leitura, de como ela torna a existência humana mais interessante: “A velhice de quem não lê é muito solitária. Ao ler, percorremos o mundo. É preciso descobrir que a leitura é uma grande companhia, um belo exercício de incorporar uma personagem e viver uma grande aventura, quem não lê está fadado à solidão, não há companhia melhor que a de um livro, a decisão de ler deve ser pessoal, forte e firme, quanto mais interesse pelos livros e suas histórias, mais interessante você será, ler te faz descolar do senso comum”, destaca.

Segundo Karnal, diante da crise atual em que grandes livrarias estão fechando suas portas e na qual muitos livros são baixados de forma virtual, a leitura ainda permanece fundamental.

É muito importante o que a Prefeitura de Guarulhos está realizando com a Bienal do Livro. Pessoas estão tendo a oportunidade e acesso aos livros, nós temos jovens, crianças e pessoas de mais idade brincando e se divertindo, e isso é fundamental. Guarulhos fez exatamente o que todo poder público tem a fazer, incentivo à leitura para as pessoas”, concluiu.

Além disso, toda a palestra foi acessível, traduzida em LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), pelas interpretes Regina Fernandes e Danny Lima.

- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

27,197FãsCurtir
1,314SeguidoresSeguir
842SeguidoresSeguir
344InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Prefeitura esclarece procedimentos da central de triagem do Cecap

Muitas pessoas estão se queixando de que vão à Central de Controle do Coronavírus, no Parque Cecap, e que não é feito...

COI anuncia novas datas para Olimpíada e Paralimpíada do Japão em 2021

Os Jogos de Tóquio (Japão) estão oficialmente remarcados. A Olimpíada será disputada entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021. Já a Paralimpíada ocorrerá...

Em “live”, secretário da Saúde cogita que mortes por covid-19 sejam 11 em Guarulhos

Oficialmente, segundo nota divulgada pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura às 17h40 desta segunda-feira, Guarulhos registra 4 mortes causadas pela covid-19, com...

Senado aprova afastamento do trabalho, sem atestado, por 7 dias

O Senado aprovou, nesta terça-feira, 31, o Projeto de Lei 702/2020, que dispensa o empregado de comprovar motivo de quarentena, por até...

Itália registra mais 756 mortes por coronavírus e total chega a 10.779

O número de mortos por um surto de coronavírus na Itália subiu em 756, para 10.779, informou a Agência de Proteção Civil...