quinta-feira, 28 outubro 2021
- PUBLICIDADE -
InícioCANAISCOMPORTAMENTOInstagram deixa de mostrar número de curtidas das postagens

Instagram deixa de mostrar número de curtidas das postagens

Usuários da rede social Instagram no Brasil perceberam nesta quarta-feira, 17, uma mudança no Instagram. Entre os recursos da plataforma o número de “curtidas”, também conhecidas como “likes” que uma publicação recebe, não fica mais visível para todos os usuários. O tema foi um dos mais discutidos do dia em outra rede social, o Twitter, e esteve entre os mais buscados no Google.

A mudança no Brasil está entre os testes anunciados em abril deste ano durante um evento de desenvolvedores do Facebook, empresa controladora do Instagram.

A experiência faz parte de uma série de medidas que o Instagram vem anunciando nos últimos meses para combater práticas nocivas na rede, como o discurso de ódio ou o bullying na web. Tais ações são uma resposta a críticas recebidas pela plataforma de que sua arquitetura e lógica de funcionamento favoreceriam um ambiente prejudicial ao bem-estar de seus integrantes.

Um estudo da Sociedade Real para a Saúde Pública, realizado em 2017, apontou o Instagram como a pior rede social para o bem-estar e a saúde mental de adolescentes. Segundo o estudo, o Instagram tem impactos importantes em adolescentes, provocando ansiedade, depressão e solidão, além de outros efeitos como na autoimagem dos jovens a partir da lógica das fotos.

Felipe Neto, empresário com canais populares em redes sociais, esteve entre os que vocalizaram essa análise. Ele afirmou que a medida pode mudar a forma como a internet funciona. “O Instagram virou uma rede social tão de fomento à vaidade, ao ego que se transformou em um vírus. É um lugar muito mais negativo do que positivo. Tirar os likes vai ser interessante. Vai ser interessante tirar as disputas”, comentou em um vídeo postado em seus canais.

Além dos testes retirando a visibilidade pública das curtidas, a empresa anunciou algumas outras ações voltadas a coibir essas práticas. Neste mês, em uma nota, o diretor Adam Mosseri informou a implantação de uma ferramenta que usa Inteligência Artificial para questionar o usuário sobre seu conteúdo antes de postá-lo, se o sistema considerar que este pode ser ofensivo.

“Testes preliminares desse recurso mostraram que ele encoraja algumas pessoas a rever os comentários e compartilhar algo que gere menor dano, uma vez que elas tiveram a chance de refletir”, disse Mosseri no comunicado, divulgado no dia 8 de julho.

*Com informações da Agência Brasil

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,482SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Falha no metrô prejudica passageiros em São Paulo

Uma falha da Linha 3 – Vermelha do Metrô de São Paulo prejudicou o deslocamento de passageiros na manhã de hoje (26). A linha...

OMS pede que países reconheçam todas as vacinas aprovadas pelo órgão

A pandemia de Covid-19 está "longe de ter acabado", alertou nesta terça-feira (26) o comitê de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), que pediu...

Petrobras anuncia novo aumento da gasolina e do diesel nas refinarias a partir de...

A Petrobras anunciou hoje (25) que vai reajustar os preços da gasolina e do diesel em suas refinarias a partir de amanhã (26). O litro da gasolina...

Inscrições para o Vestibulinho das Etecs de 2022 começam nesta terça-feira

Interessados em estudar nas Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) podem se inscrever no processo seletivo para o primeiro semestre de 2022, a partir desta terça-feira,...

Presidente Bolsonaro afirma que governo não interferirá em preços

Na véspera de um novo reajuste do preço dos combustíveis, o presidente da República, Jair Bolsonaro, garantiu, hoje (24), que o governo federal não...