Brincando com Pipas realiza festa de encerramento em escolas de Guarulhos

Evento acontecerá nas escolas participantes e marcará o encerramento das atividades deste ano - Foto: Divulgação

Desde esta quarta-feira (27) as escolas participantes do projeto Brincando com Pipas, promovido pelo Instituto EDP, realizam o evento de encerramento do ciclo de 2019. Em conjunto com a Evoluir e a Prefeitura de Guarulhos, a iniciativa que esteve pela segunda vez na cidade buscou conscientizar crianças e adolescentes de escolas municipais, do 1º ao 5º ano, a brincarem com segurança, além de alertar para os riscos da proximidade com a rede elétrica.

A programação está dividida entre as escolas EPG Professor Edson Nunes Malecka (ontem, 27), EPG Tom Jobim (amanhã, 29), EPG Jorge Amado (dia 4/12), EPG Gilmar Lopes (dia 5/12) e EPG Mário Quintana (dia 12/12). Na ocasião, os alunos poderão mostrar os resultados dos projetos desenvolvidos por eles nas escolas ao longo do ano  e também contará com palestras de técnicos da EDP sobre prevenção de acidentes com pipas para as famílias. Também será realizado o 5º módulo do programa de formação de professores do Brincando com Pipas, no dia 30/11, no Centro Adamastor.

O projeto foi criado com  objetivo de conscientizar crianças e adolescentes sobre o uso correto das pipas durante as brincadeiras, e incentivar os estudantes das escolas municipais a disseminarem essas práticas de segurança à todos os jovens da região por meio de projetos desenvolvidos por eles em parceria com os educadores e gestão escolar, contribuindo assim com a redução das ocorrências de acidentes com pipas na fiação elétrica.

Para Paulo Ramicelli, assessor de diretoria do Instituto EDP, “O projeto Brincando com Pipas apresenta uma forma de conscientizar a crianças e adolescentes por meio da educação, trabalhando a questão da segurança, informando e ensinando que, na prática, é possível ter resultados efetivos na redução de ocorrências. Guarulhos é uma das cidades com o maior número de ocorrencias de acidentes na rede elétrica. O trabalho na cidade é essencial’’.

Programação – Brincando com Pipas

Dia 29 de novembro

Local: EPG Tom Jobim – Av. Coqueiral, 90 – Cidade Seródio

Horário: 7h até 10h30/ 11h até 14h30/ 15h até 18h30


Dia 4 de dezembro

Local: EPG Jorge Amado – R. João Bassi, 28 – Jardim Presidente Dutra

Horário: 8h até 12h/ 13h até 17h

Dia 5 de dezembro

Local: EPG Gilmar Lopes – R. Dias Gomes, 268 – Jardim Munira

Horário: 11h até 14h30/ 15h até 18h30

Dia 12 de dezembro

Local: EPG Mário Quintana – R. Ismael Manuel da Silva, 78 – Jardim City

Horário: 11h até 14h30/ 15h até 18h30

Principais dicas para empinar pipas de forma segura:

– O uso de cerol (mistura de pó de vidro com cola) é proibido e pode acarretar pagamento de multa pelo responsável. O cerol é um risco para motociclistas e pedestres e oferece perigo no contato com a rede de energia. Ao cortar a camada protetora da fiação, a linha interrompe a transferência de corrente elétrica, podendo provocar curto-circuito;

– Arremessar objetos na rede elétrica para o resgate da pipa pode causar graves acidentes. O “lança-gato” (pedras presas a uma linha) ou qualquer outro item condutor de energia não devem ser lançados sobre a rede;

– Empinar pipas em locais como lajes e muros deve ser evitado. A proximidade com a rede elétrica aumenta o risco de acidentes;

– É expressamente proibido invadir as subestações da EDP para recuperar pipas. Esses locais são energizados e somente pessoas autorizadas podem entrar nas estações;

– Um acidente causado por descarga elétrica pode deixar sequelas como queimaduras e até causar a morte.

Vale lembrar que, em caso de solicitações ou qualquer anormalidade na rede da Concessionária, os consumidores devem entrar em contato com a EDP, por meio dos seguintes canais:

– Site EDP Onlinewww.edponline.com.br

– Aplicativo EDP Online (compatível com as plataformas Android™, iOS e Windows Phone)

– Agências de atendimento (o endereço de cada ponto pode ser encontrado no site EDP Online)

– Central de Atendimento ao Cliente: 0800 721 0123 (ligação gratuita, 24 horas/sete dias por semana).

Sobre o IEDP

Desde que foi fundado em 2008, o Instituto EDP investiu mais de R$ 100 milhões em projetos socioculturais, que beneficiaram cerca de três milhões de pessoas, em cerca de 400 programas espalhados por todo o País. Somente em 2018,  iniciativas apoiadas pela organização favoreceram 80 mil moradores das comunidades do entorno das áreas de atuação da Companhia. O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da EDP em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, à educação, ao desenvolvimento local com geração de renda, ao empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, cultura e saúde.  

Sobre a Evoluir

Há 22 anos no mercado, a Evoluir – Educação Transformadora é uma empresa especializada em desenvolver conteúdos e metodologias educacionais inovadoras. Para isso desenvolve produtos, metodologias e ferramentas que tornem a aprendizagem mais criativa, eficiente e significativa. A empresa opera por meio de editais, convênios, patrocínio e prestação de serviços. Os programas da Evoluir podem ser apoiados por meio das leis de incentivo à cultura, por investimento direto de empresas interessadas em investir na educação, secretarias de educação ou escolas particulares.  Os programas incluem materiais para o aluno e professor, capacitação de educadores e acompanhamento do desempenho do aluno ao longo do processo.