Banda Bicha com Cláudia Leite: sucesso absoluto

 

A tarde deste sábado, 15 de fevereiro, ficará marcada de forma positiva na mente de dezenas de milhares de guarulhenses – e visitantes – que participaram da festa carnavalesca denominada Banda Bicha.

A origem é de 1976 e começou como uma brincadeira de homens desfilarem pelas ruas de Guarulhos vestidos como mulheres; às vezes, bem pouco vestidos, na verdade.

A festa tornou-se tradicional e foi ganhando adesão de muito mais gente, deixando de ser exclusivamente de homens vestidos como mulheres. Aliás, é muito provável que o número de mulheres que participaram neste sábado supere em muito o de homens.

Nos anos recentes, o cortejo carnavalesco ganhou tons profissionais, envolvendo patrocínio de empresas e contando com atrações musicais de renome.

Neste ano, atingiu o ápice ao trazer a cantora baiana Cláudia Leite, que animou o desfile do começo ao fim, arrastando uma verdadeira multidão. A fantasia que ela usou foi inspirada em Maria Bonita.

A concentração teve início ao meio-dia, na lateral do viaduto Cidade de Guarulhos, vizinho ao Centro de Educação Adamastor. O público espalhou-se pela confluência com a avenida Monteiro Lobato e avenida Paulo Faccini. O desfile desta vez foi até em frente ao Bosque Maia.

Além do público que participou ativamente do desfile, muita gente preferiu assistir das laterais, como a artista plástica Consuelo Matroni, que estava com a mãe, de 91 anos, assistindo de um ponto estratégico no Carrefour, e forneceu as fotos aqui reproduzidas, pelo que agradecemos.

Produzido pela KM, do jovem mas experiente empresário Kiko Magalhães, o evento teve patrocínio master da Sabesp e das empresas Eletroferro, Vegus Construtora, Fisk Idiomas, Truckvan, Internacional Shopping, Mercure Hotéis, Outlet Só Marcas, Stars Securitizadora, Jornal Guarulhos Hoje e Cerveja Império.