Câmara Municipal de São Paulo aprova antecipação de feriados para quarta e quinta desta semana

 

Pegando “carona” em um projeto de lei que prevê que a Prefeitura destine 5% das vagas em concursos públicos a mulheres vítimas de violência doméstica, o prefeito Bruno Covas (PSDB) inseriu artigo pelo qual o Legislativo paulistano autoriza o Executivo a antecipar feriados enquanto durar a situação de emergência provocada pela pandemia de covid-19.

De imediato, os feriados municipais antecipados são o de Corpus Christi, que seria em 11 de junho, para esta quarta-feira, 20/5; e o da Consciência Negra, que se comemora em 20 de novembro, para a quinta-feira, 21/5. Na sexta-feira, o prefeito da Capital deve decretar ponto facultativo, o que também é uma forma de reduzir o número de pessoas em circulação pela cidade.

Agora falta a sanção do prefeito, mas como foi dele a iniciativa, é absolutamente certo que ele a assinará rapidamente. O objetivo é ampliar o índice de isolamento em São Paulo, que tem sido maior nos domingos e feriados. O rastreamento demonstrou que nesse domingo, 17, foi de 54%. Procura-se a todo custo achatar a curva da contaminação do vírus, para evitar o colapso total do sistema de saúde, já que parte dos hospitais públicos está com toda sua capacidade de atendimento intensivo ocupada.


Estado de SP



O governador João Dória deve protocolar ainda nesta segunda-feira, projeto de lei na Assembleia Legislativa do Estado de SP, propondo autorização para antecipar para a segunda-feira, dia 25/5, o feriado da Revolução Constitucionalista, que seria em 9 de julho. Com isso, se pretende ter seis dias consecutivos com maior taxa de isolamento.

Ele pediu aos prefeitos, principalmente das cidades mais atingidas pela pandemia, que também antecipem feriados municipais.

Texto editado às 19h16



Guarulhos

Nesse sentido, o prefeito de Guarulhos, Gustavo Enric Costa, o Guti, disse durante “live”, nesta noite de 18/5 que sua equipe estuda a possibilidade de antecipar os feriados da Consciência Negra (20/11) e aniversário da cidade (8/12), mas, pessoalmente, ele prefere mantê-los nas datas normais.
Frisou, entretanto, que se a Assembleia Legislativa aprovar a antecipação do feriado de 9 de julho para segunda-feira, 25/5, não há o que fazer: será feriado em Guarulhos também.