Estudo com 45 pessoas mostra eficácia de vacina contra covid-19 nos EUA

 

O laboratório de biotecnologia Moderna, de Massachussets, nos Estados Unidos, divulgou, nesta segunda-feira (18), que obteve resultados promissores para a vacina, em estudo feito com 45 pessoas.

A vacina é batizada de mRNA-1273 e a empresa afirma que todas as pessoas que receberam duas doses criaram anticorpos resistentes ao vírus.

Agora terá início a segunda fase dos experimentos e, em julho, a etapa decisiva. A Moderna crê que seja possível ter a vacina disponível em um prazo previsto entre quatro e sete meses, ou seja, ainda em 2020, o que seria um feito extraordinário, pois geralmente a demora para a conclusão de estudos para criar uma vacina é muito maior.

Como consequência do anúncio desses resultados positivos, as ações da Moderna subiram 30% na manhã desta segunda-feira, em Nova York, segundo informações do Infomoney.