Brasil chega a 27.878 mortes por covid-19 e mais de 465 mil casos

 

Com mais 1.114 óbitos atribuídos à covid-19, ainda que ocorridas em datas anteriores, o Brasil chegou nesta sexta-feira, 29/5, a 27.878 falecimentos atribuídos à doença. O índice de mortos por milhão de habitantes é de 131. Houve mais 26.354 casos confirmados, totalizando 465.166. Os pacientes recuperados são 193.181 e os ativos, 244.107.

O índice de pessoas curadas em relação ao de casos ativos é de 79,137%, enquanto no mundo todo é de 88,581%, ou seja, a situação é mais grave no Brasil do que na média mundial. O total de pacientes recuperados é 2.650.714 e o de pacientes ativos chega a 2.992.396. A pandemia começa a ser disseminada quando o número de curados ultrapassa o de ativos.
O Brasil é o segundo país em número de casos, tendo à frente apenas os Estados Unidos. O total de casos do mundo passou de 6 milhões: 6.009.149, com 366.039 falecimentos.

São Paulo

O estado de São Paulo chegou a 101.556 casos confirmados e a 7.275 mortes atribuídas à covid-19. Foram 5.691 novos casos e 295 mortes a mais, não necessariamente ocorridos de ontem para hoje. O índice de ocupação das unidades de UTI é de 71,7% na média do estado e de 83,4% na Região Metropolitana de São Paulo.

Pelos dados do Estado, Guarulhos tem 2.550 casos ativos de coronavírus e 264 mortes. Pelo levantamento da Prefeitura, são 2.619 casos e 267 óbitos, havendo outros 118 a apurar.