Número de mortes em Beirute pode passar de 60

A fumaça é vista após uma explosão em Beirute
 

O número de mortos em razão de uma grande explosão em Beirute nesta terça-feira aumentou para mais de 60, e mais de 2.700 pessoas ficaram feridas, informou o ministro da Saúde do Líbano, Hamad Hasssan, em comentários televisionados.

O ministro havia dito, anteriormente, que mais de 25 pessoas tinham morrido e mais de 2.500 estavam feridas.

Ainda não há conclusões sobre o que causou a explosão. Um brasileiro que mora a 20km do local relata que o teto de gesso de sua casa caiu, o que dá ideia da dimensão do estrondo. Imóveis de uma larga região do entorno foram destruídos.

Na avaliação de policiais militares paulistas, ouvidos pelo G1, nem a carga de uma tonelada de dinamite provocaria explosão tão forte e, pela experiência que têm, se a causa fosse um princípio de incêndio, não explodiria de uma vez como se vê nas imagens, o que leva a crer que tenha sido que tenha havido um fator externo.

Inclui dados e foto da Agência Brasil/EBC