Mundo atinge 900 mil mortes atribuídas à covid

 

Com 27.685.923 casos confirmados de covid-19, o mundo atingiu nesta terça-feira, 8/9, 900.097 óbitos atribuídos à covid-19. Na proporção da população mundial, são 115,5 mortes a cada milhão de habitantes.

O total de pacientes recuperados chega a 19.781.647 e os casos ativos são 7.004.179, segundo o site https://www.worldometers.info/coronavirus/

O país mais atingido são os Estados Unidos, com 6.507.154 casos confirmados, 193.902 mortes e proporção de 585 óbitos a cada milhão de habitantes. Os pacientes recuperados são 3.785.202 e os casos ativos, 2.528.050.

A Índia ocupa a segunda posição em casos confirmados (4.367.436) e 73.923 mortes atribuídas ao vírus. Os pacientes recuperados são 3.396.027 e os casos ativos, 897.486. A proporção entre mortes e população é de 53 a cada milhão de habitantes. O país tem 1.382.530.286 pessoas, mais de seis vezes a população brasileira.

O Brasil é o segundo em número de mortes: 127.464, com 4.162.073 casos confirmados, dos quais 3.397.234 se recuperaram. Na proporção da população, são 599 óbitos a cada milhão de habitantes, nono do mundo por esse critério.

Comparando com um mês atrás, em 9 de agosto, o Brasil está em situação menos grave: naquela data, os casos ativos haviam chegado ao seu ápice: eram 815.986. Agora são 637.375 os pacientes confirmados que estão em tratamento. A média móvel de casos está em 33.814 por dia, uma variação negativa de 10% em relação ao de 14 dias atrás.