Covid em Guarulhos ainda preocupa mas é menos grave do que na semana anterior

Um profissional de saúde realiza um teste finalizado em um local de testes de coronavírus fora dos Serviços Comunitários de Saúde Internacionais no Distrito Internacional de Chinatown durante o surto de doença por coronavírus (COVID-19) em Seattle, Washington, EUA, em 26 de março de 2020. REUTERS / Lindsey Wasson
 

Dados da Vigilância Epidemiológica Municipal desta quinta-feira (29/10/2020): 

Casos confirmados – 28.748

Total de óbitos – 1.529 confirmados e três em investigação

Total de recuperados – 26.741

Taxa de cura – 93%

Taxa de letalidade – 5,31%

Taxa de ocupação de leitos de UTI em hospitais públicos de Guarulhos: 51,5%

Taxa de ocupação de leitos de enfermaria em hospitais públicos de Guarulhos: 59,2%

Taxa de ocupação de UTIs da Grande São Paulo: 40,02% *disponibilidade conforme sistema Cross

COMPARANDO COM OS DADOS DE UMA SEMANA ATRÁS

Situação na quinta-feira, 22.10

Casos confirmados – 27.889

Total de óbitos – 1.514 confirmados e cinco em investigação

Total de recuperados – 25.913

Houve 859 novos casos entre 22.10 e 29.10
Houve 828 recuperados entre 22.10 e 29.10
Houve 15 óbitos, mas redução de dois em investigação = 13 óbitos em uma semana

COMPARANDO OS DADOS DAS DUAS SEMANAS ANTERIORES

Situação na quinta-feira, 15.10


Casos confirmados – 26.786

Total de óbitos – 1.485 confirmados e oito em investigação

Total de recuperados – 24.860

Houve 1.103 novos casos entre 15.10 e 22.10
Houve 1.053 recuperados entre 15.10 e 22.10
Houve 29 óbitos, mas redução de três em investigação = 26 óbitos em uma semana

CONCLUSÃO

A situação da covid em Guarulhos ainda é preocupante, pois têm ocorrido média de 122,7 novos casos detectados por dia e praticamente dois óbitos a mais por dia.
No entanto, no período anterior, de 15.10 a 22.10, o número de novos casos foi maior e o de óbitos o dobro do verificado nos últimos sete dia.