Cadastro para receber cestas básicas e vale-refeição é fake news

 

A Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social informa que estão circulando informações falsas e erradas (fake news) nas mídias sociais sobre a necessidade de fazer cadastro na internet para recebimento de cesta básica e de vale-refeição de R$ 120 nas unidades dos CRAS (Centros de Referência da Assistência Social). 

A pasta esclarece que estão sendo distribuídas cestas básicas do programa Alimento Solidário, do governo estadual, aos já inscritos no CadÚnico (Cadastro Único de Programas Sociais). Além disso, as 12 unidades dos CRAS fornecem cestas básicas emergenciais às famílias em extrema vulnerabilidade social e que passam por análise técnica de profissionais.