Hospitais de Israel anunciam remédios eficazes contra a covid-19

 

De acordo com o periódico israelense Ynet, o hospital Ichilov, localizado em Tel Aviv (Israel) anunciou que testes preliminares com um medicamento apresentou resultados positivos na cura da covi-19.

Os testes foram efetuados pelo professor Nadir Arber, do Centro Integrado de Prevenção do Câncer do hospital. O fármaco EXO-CD24 teria mostrado eficácia de 95% em pacientes com quadros moderados e graves do coronavírus.

Segundo ele, o medicamento é barato e eficaz e deve ser administrado uma vez ao dia, durante cinco dias.

No total, 30 pacientes receberam o fármaco. Do grupo, 29 apresentaram uma melhora acentuada em dois dias. No prazo de três a cinco dias, receberam alta.

Já o hospital Hadassah Medical Center, em Jerusalém, relatou ter encontrado uma possível cura, após administrar a 21 pacientes em estado crítico e que sofriam de doenças subjacentes um medicamento chamado Allocetra. Foram 19 os que se recuperaram em seis dias e tiveram alta do hospital em média após oito dias de tratamento.

A droga foi desenvolvida pelo professor Dror Mevorach, diretor do Centro de Pesquisa de Reumatologia e Medicina Interna, para lidar com sistemas imunológicos hiperativos que causam a secreção de citocinas.

Embora em etapa inicial de testes, as duas notícias são um alento para a humanidade, no momento em que o mundo registra mais de 105 milhões de casos da doença, com 2,3 milhões de mortes a ela atribuídas, 10% das quais (230mil) ocorridas no Brasil.

imagem meramente ilustrativa