ACE-Guarulhos tem contas do último trimestre de 2020 aprovadas pelo Conselho Fiscal

 

O Conselho Fiscal da Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos (ACE-Guarulhos) aprovou por unanimidade as contas do 4º trimestre de 2020 da entidade, que abrangem as receitas e despesas de setembro a dezembro. A reunião aconteceu nesta quarta-feira, 24/02, em uma plataforma online, em medida de precaução decorrente da pandemia do coronavírus.

A pandemia, inclusive, fez parte da discussão entre os conselheiros, já que a maior crise sanitária já vista por esta geração causou uma crise também na economia. E, mesmo assim, os resultados da entidade se mostraram superavitários.

“O trabalho consciente de controle de gastos sem deixar de atender nossos associados foi importantíssimo para o resultado positivo. Afinal, os recursos são exatamente para serem bem utilizados em benefício dessa classe empresarial”, afirmou o presidente da ACE, Silvio Alves.

O Conselho Fiscal analisa os balanços trimestrais da ACE, bem como a maneira como os recursos arrecadados são reinvestidos em auxílio dos negócios dos associados. Os membros do órgão verificam a entrada e saída de recursos, solicitam relatórios e tiram dúvidas durante as reuniões periódicas.

“Em sua função, o Conselho Fiscal aprimora a governança da entidade, transmitindo confiança ao quadro social. Analisamos os balancetes e demonstrações contábeis apresentados pela diretoria durante todo o exercício de 2020, esclarecemos as dúvidas com os responsáveis pela contabilidade e pelas demais unidades, sugerimos algumas correções, que foram feitas, e observamos que expressam, com propriedade, os resultados e eficiência da gestão de negócios da entidade”, apontou o advogado Hugo Mesquita, membro dos Conselhos Fiscal e Deliberativo da ACE.

Ser relevante para os empresários associados em um momento tão complicado foi desafiador, segundo o superintendente Maurici Dias Gomes. “O cenário tornou ainda mais importantes as medidas de gestão que adotamos. Elas se mostraram muito acertadas”, apontou.

A reunião online desta quarta-feira teve a participação de Hugo Mesquita, Maurici Dias Gomes, o também membro do Conselho Fiscal Umberto Baccelli, o diretor Administrativo Silvio Simões, o contador Josué Pereira, da Capital Contábil, o 2º e o 1º Tesoureiro da Diretoria Executiva, Gustavo Prado e João Junio, respectivamente, o auxiliar administrativo Matheus Secada e a gerente administrativo financeiro Rita Semensin.

“A aprovação das contas consolida o empenho e a administração que toda equipe teve no ano passado, período de diversos desafios. Enfrentamos a situação com ética e transparência, buscando cada vez mais a valorização da classe empresarial da cidade”, disse João Junio.