sábado, 18 setembro 2021
InícioDESTAQUEPRF libera 35 pontos de bloqueio de caminhoneiros

PRF libera 35 pontos de bloqueio de caminhoneiros

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou na tarde de hoje (9) ter liberado 35 pontos de bloqueio e manifestações nas rodovias do país. Esses pontos incluem bloqueio parcial, bloqueio total e concentrações de manifestantes. Segundo a corporação, 2 mil policiais e cinco aeronaves trabalham para liberar as estradas bloqueadas por caminhoneiros. 

Um movimento de caminhoneiros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro teve início um dia depois das manifestações pró-governo ocorridas na terça-feira (7). Parados nas estradas, eles pedem o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e a destituição de ministros da Corte, além de intervenção militar. 

Pela manhã, eram registrados protestos em 15 estados: Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará.

Na noite de ontem (8), Bolsonaro divulgou áudio pedindo aos seus apoiadores que liberassem as pistas.

“Fala para os caminhoneiros que são nossos aliados que esses bloqueios atrapalham nossa economia. Isso provoca desabastecimento e inflação. Prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. Dá um toque para os caras, para liberar, para a gente seguir a normalidade”, disse o presidente.

Zé Trovão é localizado no México e deve ser preso

O líder caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes, mais conhecido como Zé Trovão, foi localizado pela Polícia Federal no México após uma semana desaparecido. 

Zé Trovão saiu do Brasil antes do mandado de prisão expedido pelo ministro Alexandre de Moraes por incitação a ato antidemocrático nas manifestações de 7 de setembro. Ele foi localizado pelos investigadores em um hotel na Cidade do México.

Pelas redes sociais, o líder caminhoneiro divulgou um vídeo em que diz que a embaixada do Brasil entrou em contato com a direção do hotel em que está hospedado e que esperar ser preso a qualquer momento.

“Em alguns momentos, eu devo ser preso. Eu não vou mais fugir, chega. Eu tô cansado disso, tá. Pra quem não sabe, eu estou no México e a embaixada brasileira acaba de entrar em contato com o hotel que eu estou. Então em alguns momentos, provavelmente, a polícia vem aqui me recolher e vai me levar preso”, disse.

*Com Informações da Agência Brasil e do Estadão Conteúdo

- PUBLICIDADE -spot_img
- PUBLICIDADE -

SIGA/CURTA

28,891FãsCurtir
1,510SeguidoresSeguir
1,438SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever

VEJA TAMBÉM

Curso sobre empreendedorismo para alunos da EJA com inscrições abertas

Entre os dias 16 e 30 de setembro a Secretaria de Educação de Guarulhos, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas...

Trabalhadores nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em setembro podem sacar, a partir de hoje (15), a quinta parcela do...

21 capitais e DF decidem manter vacinação de adolescentes sem comorbidades

Mesmo depois da orientação do Ministério da Saúde de não vacinar adolescentes sem comorbidades contra a Covid-19, 21 capitais e o Distrito Federal decidiram continuar vacinando os jovens. O...

Grupo GR oferece 100 vagas de emprego em São Paulo

O Grupo GR tem 100 vagas abertas para os cargos de agente de conservação, atendente, auxiliar de manutenção, auxiliar de monitoramento, bombeiro, controlador de...

Click Guarulhos explica: o que é a plataforma consumidor.gov.br

O governo federal disponibiliza, por meio do Ministério da Justiça, uma plataforma que auxilia consumidores a resolverem seus problemas com empresas que comercializam bens...