PUBLICIDADE

Em formato de conto infantil, novo clipe da Cyanogaster fala sobre a importância da tristeza 

Em sinergia com as emoções e com o que há de mais profundo, a banda paulista Cyanogaster lança novo clipe sobre a tristeza. Em “À Sombra do Colosso”, mergulham na sensibilidade para falar desse sentimento tão temido, mas totalmente inevitável e recorrentemente presente nas obras da banda.

Para ilustrar o single, que diz que “tudo bem se o choro vem”, o clipe é construído como um conto infantil animado pelas mãos do ilustrador e animador Claudio Furton. Na narrativa, o “colosso” é a personificação da tristeza como um monstro colossal de gelo que habita dentro de uma mulher. A música se faz como um indie rock com referências do emo e recursos do rock psicodélico com sintetizadores que ressoam propositalmente, na tentativa de ecoar o som do inconsciente e expandir as possibilidades sonoras.

 

Ao decorrer do clipe, a relação entre esses dois personagens evolui até o derretimento do colosso, que representa o desfecho. Ao se despedir da tristeza, a moça solta o choro aprisionado em um momento de redenção. A mensagem final é da importância de momentos de introspecção junto à tristeza no processo de autoconhecimento e libertação.

“No clipe foi escolhida uma mulher adulta para desempenhar a pessoa que sustenta um conflito com a tristeza, e uma criança para viver internamente com o ”colosso”, contam os integrantes da banda.

Nos fazendo lembrar de narrativas de filmes infantis que abordam as emoções, como o Divertidamente, a banda se propõe a usar o recurso da ilustração como complemento da música e vice-versa, criando uma forte relação entre as duas formas de linguagem. 

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE