PUBLICIDADE
InícioCIDADELula e Haddad fizeram caminhada em Guarulhos nesta sexta

Lula e Haddad fizeram caminhada em Guarulhos nesta sexta

Publicado em
PUBLICIDADE

Após concentração de público na praça Tereza Cristina, Centro de Guarulhos, os candidatos à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT); à vice-presidência, Geraldo Alckmin (PSB), e ao governo de S.Paulo, Fernando Haddad (PT), percorreram em uma caminhonete a rua D. Pedro II, tomada por apoiadores.

Eles chegaram pouco depois das 10h30. Lula começou a falar à população ainda na praça e, aos poucos, o caminhão de som com profissionais de Imprensa foi seguindo pela rua D.Pedro II, até chegar a outra concentração de manifestantes, na praça Conselheiro Crispiniano, em frente ao Poli Shopping.

 

Lula pediu aos presentes que recordassem situações de seu tempo de governo. Disse que na sua época havia mais empregos e que não faltava comida para as famílias. “Peço apoio de vocês para que o Brasil volte a crescer, para que todos tenham café da manhã, almoço e janta em casa. Que possam ter condições de comprar um sapato, uma roupa. Estamos em uma rua comercial. Queremos que as pessoas possam voltar a comprar, para aumentar as vendas do comércio, gerar mais empregos”, ressaltou.

Haddad também falou, criticando corte de verbas que havia sido anunciado pelo governo para as universidades federais. “Nos governos do PT, muito mais gente pôde estudar em universidade pública, mas o atual governo corta verba, porque prefere fechar universidades”, acusou.

Alckmin saldou o público de Guarulhos, pediu votos para Lula e Haddad, afirmando que a Democracia precisa ser preservada e que o respeito à dignidade das pessoas precisa estar acima de divergências políticas.

Também usaram da palavra o deputado federal Alencar Santana e o vereador paulistano, eleito deputado estadual, Eduardo Suplicy. Lula chamou para subir na picape o ex-prefeito Elói Pietá e pediu que ele falasse. Pietá citou falta de apoio do governo estadual para a Saúde em Guarulhos, falou da necessidade de concluir o Hospital da Mulher, ligado à Maternidade JJM, e de levar o trem da CPTM até Bonsucesso, passando pelo Jardim São João. Concluiu dizendo que ele, quando prefeito, e Haddad, então ministro da Educação, trouxeram a Universidade Federal de São Paulo para Guarulhos, no Pimentas. E que Haddad governador pode trazer para a cidade uma universidade estadual.

Durante o trajeto pela via comercial, as falas foram se sucedendo, sendo concluídas nas proximidades do antigo pontão. Em certo momento, Lula citou fala recente do presidente Bolsonaro, que atribuiu analfabetismo ao povo nordestino por ter votado em ampla maioria no petista.

BOLSONARISTAS

Diante da grande concentração de pessoas pela rua D. Pedro II, a maioria das lojas abaixou as portas ou as deixou quase fechadas. Adeptos do presidente Bolsonaro comentavam que isso foi necessário para que os petistas não saqueassem as lojas. Atendentes do comércio queixavam-se de baixo movimento de vendas e culpavam os políticos pelo pífio resultado da manhã desta sexta-feira. Alguns transeuntes, nas travessas, gritavam palavras ofensivas a Lula e seus apoiadores.

Um pequeno caminhão, com equipamento de som, portando bandeiras brasileiras e faixas de apoio a Bolsonaro, passou duas vezes pela praça Tereza Cristina, pouco antes da chegada do ex-presidente e comitiva, com ocupantes fazendo gestos contra os manifestantes da esquerda. Na segunda vez, os apoiadores de Lula vaiaram e os bolsonaristas jogaram pedaços de mortadela para o público da rua. Foi o único momento tenso presenciado pela Reportagem do Click Guarulhos.

Nota da Redação: Se o presidente Bolsonaro vier a Guarulhos, o Click também irá cobrir a visita

foto aérea: Divulgação

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE