PUBLICIDADE
InícioCIDADEPresidente Lula veio a Guarulhos inaugurar o trevo de Bonsucesso

Presidente Lula veio a Guarulhos inaugurar o trevo de Bonsucesso

Publicado em
PUBLICIDADE

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou, na manhã deste sábado (25), duas obras na rodovia federal Presidente Dutra, em Guarulhos: a liberação do trevo de Bonsucesso, com a pista lateral no sentido de São Paulo e o novo trevo que permitirá retorno e passagem de um lado para outro da rodovia, entre Cumbica e Bonsucesso, proximidades do antigo centro de distribuição da Riachuelo. Esse novo trevo evitará que muitos veículos tenham de ir até Bonsucesso para fazer o retorno e também dará acesso à avenida Papa João Paulo I e, futuramente, fará parte do Complexo Jacu-Pêssego, com ligação da avenida paulistana com o Aeroporto de Guarulhos, passando sobre a rodovia Ayrton Senna.

Participaram da inauguração o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, e os ministros Renan Filho (Transportes), Paulo Teixeira (Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar) e Alexandre Padilha (Secretaria de Relações Institucionais), além do deputado federal Alencar Santana, pré-candidato a prefeito de Guarulhos com apoio do presidente Lula.

 

Segundo Lula, a entrega das obras ocorre nove meses antes do previsto pelo cronograma inicial, que era fevereiro de 2025. O trecho é uma das principais rotas de escoamento da produção nacional e vai atender uma das áreas das mais densas e povoadas de Guarulhos, a cidade que tem a segunda maior população de São Paulo. De acordo com a concessionária da rodovia, a CCR, são feitas cerca de 300 milhões de viagens na Dutra, por ano.

“O que é importante nesse trevo é que a partir de hoje e amanhã, ninguém vai ficar mais duas horas no trânsito para chegar em casa”, disse o presidente Lula, em discurso. “Nunca mais nenhum professor da universidade federal aqui vai pedir para mudar a universidade porque não conseguia chegar para dar aula em tempo correto”, acrescentou. Ele mencionou que o deputado Alencar já vinha insistindo com ele há tempos sobre a importância de vir inaugurar o trevo de Bonsucesso.

Queda de braço

Lados antagônicos da política local vêm se digladiando a respeito do trevo de Bonsucesso. O prefeito Guti e o governador Tarcísio de Freitas reivindicam para si os louros da obra, ao mesmo tempo em que Alencar busca puxar a brasa para a sardinha do governo federal. E nesse caso ambos os lados têm razão, porque durante o governo Bolsonaro o prefeito foi várias vezes a Brasília reivindicar apoio do governo federal para a conclusão do trevo, cujo início das obras se deu na gestão do prefeito Elói Pietá (ex-PT, agora pré-candidato a prefeito pelo Solidariedade), muitos anos antes. Tarcísio, por seu turno, contribuiu porque, no fim de seu mandato como ministro de Infraestrutura, comandou a renovação da concessão da rodovia Dutra ao grupo CCR e fez com que as obras no trevo e complementos na rodovia fossem colocadas como prioridade. As obras aconteceram já na gestão do presidente Lula, sendo Alencar vice-líder do governo na Câmara dos Deputados.

Convidado para o evento na quarta-feira, o governador respondeu que não poderia comparecer por já ter outros compromissos. Já o prefeito Guti também não esteve presente, porque viajou ao Rio Grande do Sul, para acompanhar entrega de donativos de Guarulhos a Esteio, munícipio parceiro.

Em seu discurso, o deputado Alencar citou feitos dos governos anteriores do presidente Lula em benefício de Guarulhos, verbas atuais que estão sendo destinadas e melhorias previstas para os próximos anos, como a vinda do Metrô, obra que terá recursos do governo federal.

Indagado a respeito da queda de braço sobre quem efetivamente deve ter os méritos pela obra, o ministro da Infraestrutura, Renan Filho, disse que não existe teste de paternidade para realização de obras.

Críticas antigas

Quando da divulgação do traçado do trevo de Bonsucesso, no início dos anos 2000, o então Jornal Olho Vivo publicou editorial, criticando o projeto. Embora como observador, já que não é engenheiro, o jornalista Valdir Carleto reclamou que o traçado previa que os veículos que estivessem chegando teriam de disputar espaço com os que estivessem trafegando no sentido do bairro dos Pimentas para o de Bonsucesso. Citou como exemplo trevo moderno construído em Ribeirão Preto, cujas faixas de tráfego não interferem uma na outra, enquanto em Guarulhos há quase 20 anos motoristas padecem diariamente para chegar ao seu destino, tanto em um sentido quanto no outro, devido ao traçado antiquado que foi adotado no projeto da obra.

Espera-se que com a liberação da pista lateral, do viaduto de acesso do lado de Bonsucesso à Dutra no sentido São Paulo e do trevo que é parte do Complexo Jacu-Pêssego o trânsito passe a fluir rapidamente na região.

Investimentos

Além dos trechos inaugurados hoje em Guarulhos, novas melhorias rodoviárias estão previstas para serem concluídas na rodovia, como a ampliação da pista expressa, a construção de novos viadutos e do novo acesso à capital do estado. O pacote total das obras está estimado em R$ 1,4 bilhão de investimento. É prevista a abertura de 4 mil novos postos de trabalho diretos e indiretos na região metropolitana de São Paulo.

As obras realizadas fazem parte dos aportes obrigatórios, feitos pelo grupo CCR, previstos no contrato de concessão firmado entre o governo federal e a concessionária, responsável pela administração da Dutra e da Rio-Santos (BR-101/RJ/SP).

“A inauguração de hoje é apenas um gesto nosso para esta rodovia, que é a rodovia mais importante do Brasil. O que nós precisamos é garantir que todas as rodovias do país estejam em qualidade para transportar gente e transportar carga, para transportar a nossa riqueza. Porque, quanto mais riqueza a gente produzir, mais emprego a gente vai gerar, mais salário a gente vai ter e salário com mais qualidade”, destacou Lula.

Arroz e feijão

O presidente também prestou solidariedade ao povo do Rio Grande do Sul, que enfrenta a maior catástrofe ambiental da sua história, com chuvas e enchentes. O estado também responde por 70% da oferta nacional de arroz e, para evitar especulação de preços no país, o governo federal autorizou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) a importar até 1 milhão de toneladas do grão.

“Essa semana eu fiquei um pouco irritado porque o preço do arroz, num pacote de 5 quilos num supermercado estava R$ 36, no outro estava R$ 33”, disse.

“Arroz e feijão é uma coisa que nós brasileiros não sabemos e não queremos abrir mão, por isso eles têm que estar num preço que o povo mais humilde trabalhador possa comprar. E, por isso, tomamos a decisão de importar 1 milhão de toneladas de arroz para que a gente possa equilibrar o preço do arroz nesse país”, acrescentou o presidente.

Para isso, o Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) zerou as tarifas para dois tipos não parbobilizados e um tipo polido/brunido de arroz.

Manifestação

Durante o evento de inauguração das melhorias rodoviárias, um grupo de estudantes das universidades e institutos federais levantou faixas e pediu que o governo federal melhore a proposta aos professores em greve. Segundo o Sindicato Nacional dos Docentes as Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN), das 59 instituições federais de ensino em greve, 39 já rejeitaram a proposta apresentada pelo governo no último dia 15.

“Que bom que as pessoas podem vir a um evento com o presidente com um cartaz de greve. É o direito democrático de as pessoas lutarem e reivindicarem, para a gente chegar a um acordo. Vocês têm o direito de protestar, diferente do que aconteceu nos últimos anos. Nunca deixem de reivindicar. Nunca baixem a cabeça. Apenas com muita luta a gente conquista”, disse o presidente.

Por Bruno Bocchini e Andreia Verdélio – Repórteres da Agência Brasil – São Paulo e Brasília
Edição: Juliana Andrade, complementada por Valdir Carleto, do Click Guarulhos
Inclui fotos extraídas de vídeos do Canalgov do YouTube

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE