PUBLICIDADE
InícioCIDADEGuarulhos inicia obras de urbanização e regularização fundiária e recuperação ambiental no...

Guarulhos inicia obras de urbanização e regularização fundiária e recuperação ambiental no Pimentas

Publicado em
PUBLICIDADE

O governador em exercício Felicio Ramuth autorizou nesta quinta-feira (11) o início das obras de urbanização, regularização fundiária e recuperação ambiental de assentamento localizado no bairro Pimentas, em Guarulhos. A ação conta com investimento de R$ 73,6 milhões e vai beneficiar 1,3 mil famílias que passarão a contar com moradias, estrutura, saneamento e titulação definitiva.

“Fiz questão de vir aqui porque já fui prefeito de São José dos Campos e pude acompanhar histórias como as da maioria de vocês. Gente que vem e, com esforço, começa a construir e tem um imóvel, mas sem documentação ou regularização. Não há garantia melhor para nossa família do que ter a documentação e a regularização do nosso imóvel. Mas, não basta regularizar, é preciso vir junto a urbanização com ruas iluminadas, asfalto, drenagem, esgoto, tudo como deve ser e a população tem direito”, afirmou Felicio. “E vamos construir mais de 600 unidades habitacionais, ninguém que tiver que dar lugar para uma via ou obra de urbanização vai ficar sem casa”.

 

O governador em exercício estava acompanhado pelo secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Branco, o prefeito de Guarulhos, Guti, e o deputado Jorge Wilson Xerife do Consumidor, líder do governo na Assembleia Legislativa do Estado, além de outras autoridades estaduais, municipais e parlamentares.

As obras e intervenções fazem parte do Projeto Pimentas e serão realizadas em uma área denominada Guarulhos C, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), que foi ocupada irregularmente.

O Estado vai promover a interligação de água e esgoto, pavimentação, iluminação pública, drenagem e canalização de 291 metros de córregos. O local passará ainda por regularização fundiária e tratamento ambiental e paisagístico em áreas de preservação permanente.

O projeto prevê a edificação de 624 apartamentos para atendimento a famílias que serão removidas de áreas de preservação, além de um novo sistema viário local. Os empreendimentos são divididos em Guarulhos AA (228 apartamentos), Guarulhos C26 (130) e Guarulhos Y (266) e estão em fase de projetos. A previsão é que as obras comecem em agosto deste ano.

Desde o início do projeto, houve a entrega de 3,5 mil moradias, enquanto outros 1.393 domicílios foram beneficiados com urbanização e recuperação ambiental. A CDHU também estruturou e desenvolveu projetos de organização e fomento ao desenvolvimento comunitário, como promoção da gastronomia local, ações de reciclagem, plantio e preservação ambiental, entre outros.

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE