PUBLICIDADE
InícioCIDADEPesquisa Folha Metropolitana avalia quatro cenários para eleição em Guarulhos

Pesquisa Folha Metropolitana avalia quatro cenários para eleição em Guarulhos

Publicado em
PUBLICIDADE

O jornal “Folha Metropolitana” encomendou ao Instituto Realtime Big Data pesquisa de intenção de votos para a eleição municipal de Guarulhos de 2024. Foram entrevistas mil pessoas, entre os dias 13 e 14 de setembro, o nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O Instituto tem ligações com a rede Record de TV e, segundo a Folha Metropolitana, foi o único que acertou as previsões relativas às eleições na cidade em 2020.

Não foram divulgados índices de pesquisa espontânea, que é aquela na qual os entrevistados citam nomes que têm em mente e nos quais cogitam votar na próxima eleição.

Para a pesquisa estimulada, no Cenário 1 foram elencados poucos nomes, concentrando as possibilidades da equipe do prefeito Guti (PSD) no secretário de Governo, Edmilson Americano.

No Cenário 2, ainda concentrando no nome de Americano, o pré-candidato do PT Elói Pietá é substituído pelo do deputado federal Alencar Santana.

 

No Cenário 3, é sondado o potencial de votos de outros integrantes da atual gestão municipal, como o vereador e secretário de Meio Ambiente, Thiago Surfista (PSD), o vice-prefeito e secretário de Cultura, Professor Jesus (Podemos), e o vereador e presidente da Câmara Municipal, Ticiano Americano. Pelo PT, foi cogitado o deputado federal Alencar Santana.

No Cenário 4, repetem-se os nomes previstos no Cenário 3, porém colocando o ex-prefeito Elói Pietá como candidato do PT.

REJEIÇÃO

A pesquisa avaliou também os índices de rejeição dos nomes cogitados. Embora o deputado estadual Jorge Wilson (Republicanos) apareça bem situado nos quatro cenários da pesquisa estimulada, é alto seu índice de rejeição, 37%, abaixo apenas dos dois nomes do PT: Alencar Santana, 44%, e Elói Pietá, 42%.
O deputado estadual Márcio Nakashima (PDT) aparece em segundo ou terceiro lugar de preferência do eleitor nos cenários previstos e tem índice de rejeição relativamente baixo, 19%. O secretário de Governo, Edmilson Americano, que aparece em terceiro ou quarto lugar nas preferências do eleitor, tem índice de rejeição também relativamente baixo, 24%.
Outros nomes, que aparecem com probabilidades menores nas intenções de voto, têm também os menores índices de rejeição: Lucas Sanches, 18%; Thiago Surfista, 16%; Professor Jesus, 16% e Fran Corrêa, 15%.

ESCOLHAS

O time do prefeito Guti avalia os cenários para definir em quem a máquina municipal apostará as fichas. Tem o deputado Jorge Wilson como aliado, ele indicou os titulares das Secretarias de Esporte e de Transporte, além da direção do Procon. E como faz parte do partido do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), prevê-se que tenha apoio do governo estadual. No entanto, as seguidas aparições de Edmilson Americano ao lado do prefeito em inaugurações e momentos importantes levam a crer que a preferência de Guti recai sobre seu secretário de governo, além de considerar que o alto índice de rejeição do deputado possa ser um complicador em eventual segundo turno.

Não está claro se Jorge Wilson será candidato mesmo que tenha de concorrer com quem for escolhido para representar a atual gestão. O mesmo ocorre com o vice-prefeito Jesus, que deixou o Republicanos e assumiu o controle do Podemos. Será ou não candidato? Indicará a esposa, vereadora Vanessa de Jesus, para vice?

No lado petista, o deputado Alencar Santana afirma que abriu mão em favor do ex-prefeito Elói Pietá em 2016 e 2020 e espera reciprocidade desta vez. Porém, Pietá e o vereador Maurício Brinquinho querem que haja prévias para escolher o candidato do partido. Se depender do governo federal, Alencar está bem cotado, mas os índices de intenção de voto nas pesquisas podem influenciar em favor do ex-prefeito. Brinquinho tem afirmado que irá até o fim em sua pretensão de ser o candidato do PT. Seu nome não foi incluído em nenhum cenário da pesquisa do Realtime Big Data.

Na chamada “Terceira Via”, estão os nomes do deputado Márcio Nakashima (PDT); do vereador Lucas Sanches (PP), esperando contar com apoio do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL); e a presidente do PSDB local, Fran Corrêa, terceira colocada na eleição de 2020, com 60 mil votos. Ela não descarta a possibilidade de aliar-se a quem possa vencer a candidatura da atual gestão. Tem controle dos partidos União Brasil e MDB. Tanto Alencar quanto Pietá acenam favoravelmente para que ela seja vice.

Como as pesquisas são um retrato instantâneo, muita coisa pode mudar, dependendo de outros fatores, como o desempenho dos governos federal e estadual.

Valdir Carleto

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE