PUBLICIDADE
InícioCIDADEAdamastor apresenta José Ricardo Silva e Grupo Origens na terça-feira

Adamastor apresenta José Ricardo Silva e Grupo Origens na terça-feira

Publicado em
PUBLICIDADE

O Teatro Adamastor apresentará, na terça-feira, às 20h, o violonista e compositor José Ricardo Silva, ao lado do Grupo Origens, no espetáculo Amanhecer, que conta uma história de superação por meio de composições originais. Com entrada gratuita, o evento oferecerá tradução simultânea em libras e ajudantes para pessoas cegas e cadeirantes. O público poderá levar roupas e mantimentos para serem doados às vítimas das enchentes que atingem o Rio Grande do Sul.

Do menino da periferia que sonhava ser músico ao professor que inspira novos talentos

A história de José Ricardo é um reflexo da jornada de muitos guarulhenses, especialmente dos que, como seus pais, migraram do Nordeste em busca de um novo começo. Nascido em Princesa Isabel, na Paraíba, José Ricardo mudou-se ainda criança para Guarulhos com seus pais, que se estabeleceram na periferia da cidade, no bairro Jardim São Domingos.

 

Logo nos primeiros anos, José Ricardo, que sempre estudou em escola pública, desenvolveu interesse pela música. Quando conseguiu seu primeiro violão, por volta dos 7 anos, começou a aprender, tocar com os amigos e na igreja da comunidade, onde logo se tornou uma referência.

José Ricardo aos 7 anos. Foto: Arquivo Pessoal

“Eu me lembro de forma bastante vívida. Eu tinha entre 7 e 8 anos de idade, estava com muita vontade de aprender violão e consegui, através de um amigo, esquematizar uma visita do Anastácio Silva, músico e professor de violão, na minha casa. Ele foi lá, falou com minha mãe, tocou para nós e meus olhos deslumbrados com a música procuravam os da minha mãe, como quem dizia: ‘é isso que quero, mãe!’ E foi assim que abri mão naquele momento de ter uma bicicleta para ganhar meu primeiro violão, um Tonante que ainda hoje existe! Depois dessa visita, Anastácio se tornou meu primeiro tutor”, relembra José Ricardo.

Estudando violão em casa aos 14 anos. Foto: Arquivo Pessoal

Seu talento e a paixão por música clássica o levaram a estudar no Conservatório Municipal de Guarulhos, e posteriormente a ingressar na faculdade, tornando-se um músico profissional. Hoje, José Ricardo é um artista estabelecido, com discos lançados, uma carreira sólida e passagens por grandes festivais nacionais e internacionais. Ele também é professor, inspirando outros jovens a seguirem seus sonhos na música. Já lecionou no Projeto Guri, na Escola Diocesana de Música e atualmente é professor na Escola Municipal de Artes de Ribeirão Pires (Emarp) e em uma escola de ensino infantil, pavimentando caminhos para outras crianças.

José Ricardo (último à direita) no teatro Adamastor, com os alunos da Escola Diocesana de Música. Foto: Arquivo Pessoal

“Como dizem os poetas, sonhos não envelhecem. Hoje, aos 38 anos, me sinto ainda como no meio desse percurso. O sonho de ser músico é algo que brotou de forma natural para mim desde a infância, portanto o vivo ainda de forma natural, é uma extensão do que sou, uma Graça, portanto um dom de Deus”, diz o artista.

Espetáculo reunirá parceiros musicais

José Ricardo sente orgulho em compartilhar sua trajetória e paixão pela música com a cidade que ajudou a moldar seu caminho. No espetáculo Amanhecer, ele vai reunir no palco alguns dos muitos parceiros musicais que fizeram parte de sua história, como João Argolo, que foi seu professor de música; o flautista Kaio Fernando, seu irmão; Rafael Monteiro (violão), Affonso Marques (violão), Elias Caju (percussão), Fabrício Dias (produção) e Pietro Carlo (sonorização), além da participação especial da cantora, pianista e compositora Aline Rissuto.

Compartilhe

Veja também

PUBLICIDADE
Redes Sociais
28,870FãsCurtir
3,337SeguidoresSeguir
1,683SeguidoresSeguir
358InscritosInscrever
PUBLICIDADE

Últimas publicações

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE