Dilma pretende vetar fórmula da Previdência aprovada pelo Congresso

A fórmula aprovada pelo Congresso para acabar com o Fator Previdenciário, chamada de 85/95, tende a ser vetada pela presidente Dilma Roussef.

Por essa fórmula, mulheres poderiam aposentar-se quando a soma da idade com o tempo de contribuição à Previdência resultasse em 85 anos. Homens, quando essa soma chegasse a 95 anos.

 

O governo cogita propor uma fórmula alternativa que, gradativamente chegasse a 90/100; ou seja, mulheres aposentando-se quando a soma da idade e tempo de contribuição chegar a 90 anos e os homens quando a idade e o tempo de contribuição somados chegar a 100 anos.

Por exemplo, a partir de 2020, um homem que tenha começado a recolher à Previdência com 18 anos poderá aposentar-se com 65 anos se as contribuições somarem 35 anos. Para as mulheres, 60 anos de idade, mais 30 de contribuição.