Como dar e receber feedback no mundo corporativo

Quando se trabalha em equipe, tão importante quanto o bom desempenho das funções é ter uma comunicação eficaz entre os envolvidos no dia a dia da organização. Quando o funcionário não sabe se atendeu às expectativas de seus gestores ou as necessidades dos colegas de trabalho, não tem ferramentas para avaliar e corrigir possíveis equívocos e alterar o que for necessário. Para que o trabalho tenha um bom desempenho e os resultados esperados sejam alcançados, é fundamental que todos os envolvidos saibam dar e receber feedbacks.

Feedback

é uma palavra inglesa que significa resposta ou reação. O termo é utilizado quando é dado um parecer sobre uma pessoa ou grupo de pessoas na realização de um trabalho, com o intuito de avaliar o seu desempenho. O feedback revela os pontos positivos e negativos da atividade executada, tendo em vista sua melhoria.

Para Renato Mendes, consultor de carreiras da plataforma de empregos Job1, o feedbackeficaz é uma parceria. “A qualidade dofeedback oferecido é tão importante quanto a postura de envolvimento de quem recebe, no aproveitamento e aplicação das informações transmitidas”.  Para o especialista, saber dar e receber feedbacks no trabalho é uma competência que precisa ser desenvolvida tanto por gestores quanto por subordinados.

Renato ressalta que a forma de dar feedbackmuda de acordo com a relação hierárquica existente entre os envolvidos. Para não errar na hora de dar e receber feedbacks para chefia, subordinados e colegas, o especialista explica como agir em cada uma das situações.

Feedback de gestor para subordinado

  1. Comece a conversa destacando os pontos positivos do funcionário. É fundamental que ele saiba que tem acertos e que seu trabalho é valorizado.
  2. Aponte os pontos que precisam ser melhorados, sem julgamentos, de forma direta e pontual.
  3. Ressalte a importância do trabalho do funcionário e reforce que a avaliação dos pontos a serem melhorados pode gerar mais e melhores resultados.
  4. Aponte, de forma clara e sem julgamentos, o quanto suas atitudes pessoais e profissionais estão prejudicando no bom andamento do trabalho.
  5. Coloque-se sempre à disposição para conversas.

Feedback de subordinado para gestor

  1. Em primeiro lugar, deixe claro o quanto está satisfeito em trabalhar na empresa e com o que faz.
  2. Se você sente que poderia fazer mais pela empresa, diga que poderia contribuir mais e gostaria de ter o apoio da chefia para colocar mais as suas ideias em prática.
  3. Se o chefe é distante ou conversa com você rapidamente, destaque seu interesse em estar mais próximo e participar mais das decisões.
  4. Quando há a percepção de uma equipe desunida, sugira que seu superior proponha mais entrosamento do time, para melhorar os resultados.
  5. Espere o momento certo. É preciso ter tato para escolher um dia no qual o chefe demonstre estar tranquilo, no qual uma negociação tenha sido bem-sucedida ou quando você perceber que ele está mais próximo. Dar feedback para o gestor no momento errado pode trazer resultados opostos ao esperado.

Feedback para pessoas do mesmo nível hierárquico

  1. Diga que tem acompanhado o trabalho e percebeu que se o colega tivesse um outro tipo de comportamento poderia ajudar no relacionamento com o gestor e equipe. Atenção, use o termo acompanhado, para que ele não se sinta avaliado.
  2. Se sente falta de colaboração, mencione que gostaria de compartilhar mais, mas percebe a pessoa distante, com dificuldades de se aproximar.
  3. Quando percebe que o colega precisa se atualizar, deixe claro que o admira profissionalmente, mas que se ele investisse mais na formação acadêmica, cursos, idiomas, poderia ter ainda mais sucesso.

A forma de dar feedback muda de acordo com o posto que cada um dos envolvidos ocupa na empresa, mas em todos os casos, valem as mesmas dicas para receber, avaliar e aproveitar um feedback no ambiente de trabalho.

Dicas para receber, avaliar e aproveitar um feedback

  1. Esteja aberto, sem defesas. O feedback no trabalho tem o objetivo de ajudá-lo a lidar melhor com suas atividades e obter melhores resultados.
  2. Concentre-se em como o feedback poderá contribuir ainda mais com a sua evolução profissional e pessoal.
  3. Seja profissional e ouça atentamente, com a razão e não com o coração.
  4. Avalie se, no seu dia a dia, tudo o que foi dito tem coerência. Existem casos em que a pessoa que está dando o feedback mistura o pessoal com o profissional. Saiba discernir o que é prudente e o que não é.
  5. Em qualquer caso, continue agindo com cordialidade e educação com quem deu ofeedback, seja seu gestor, subordinado ou colega de trabalho.

Sobre Renato Mendes

Renato Mendes é consultor de carreiras da Job1. Graduado em psicologia e administração de empresas, pós graduado em Liderança e Gestão de pessoas pela FGV, tem ampla experiência nas áreas de Treinamento & Desenvolvimento, Headhunting, Executive Coaching, Projetos Especiais e Terceirização de pessoal, Recrutamento e Seleção de Pessoal.
Quer saber mais? Fale conosco e acesse www.job1.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here