Fábricas de Cultura ofertam 7 mil vagas em oficinas na Capital e Grande SP

Espaços criados pelo Governo do Estado funcionam em regiões afastadas do Centro - Foto: Milton Michida/GESP
 

As Fábricas de Cultura do Estado oferecem 4,8 mil vagas para formação em ateliês e 2 mil em cursos de curta duração na cidade de São Paulo e em Diadema, na região metropolitana, totalizando quase 7 mil vagas. São cursos em diversas linguagens artísticas, como música, cenografia, dança e desenvolvimento de aplicativos para celular. As inscrições podem ser feitas presencialmente nas unidades a partir desta terça-feira (7).

As Fábricas de Cultura são um programa da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa de São Paulo. Os espaços oferecem formação, estrutura de produção, biblioteca e programação cultural gratuitamente.

A Fábrica de Cultura do Jaçanã, zona norte paulistana, limite de município com Guarulhos, vai oferecer uma introdução às técnicas básicas para construção de brinquedos criativos em grande escala. As aulas acontecem entre 11 de fevereiro e 7 de abril, das 18h às 20h45. O processo vem desde a concepção, passando pelos testes em maquete e construção dos projetos.

No Jardim São Luís, zona sul paulistana, será oferecida formação em rádio digital e produção de podcast, com aulas a partir de 21 de abril até 23 de junho, das 19h às 21h. A turma vai aprender a construir narrativas e compartilhar o conteúdo em plataformas digitais e livres.

Todos os cursos disponíveis, assim como a programação cultural das unidades, pode ser acessadas no site da Fábrica de Cultura.