Famílias circenses no Santa Lídia pedem ajuda dos guarulhenses

 

Assim como todo o setor cultural, os circos ao redor do planeta tiveram que parar suas atividades. Um deles chegou ao Jardim Santa Lídia, região próxima ao Aeroporto de Guarulhos e seus integrantes até levantaram instalaram a lona. Mas, devido à propagação do coronavírus, não puderam estrear o espetáculo. “Temos três famílias no fundo do circo que dependem diretamente da bilheteria. Em várias partes do Brasil, os circos têm recebido apoio, da prefeitura ou da população. Jornais, rádios têm feito chamadas e as pessoas doam cestas básicas ou alguns alimentos”, comenta Ramón Marambio.

Quem puder colaborar com as famílias do circo pode levar as doações diretamente no terreno no Santa Lídia. Lá estão os ônibus e carretas moradias: quem for poderá ver as famílias com suas crianças.
Rua José Nilson Ferretti, esquina com rua Jamil João Zarif, entre o Taboão e Seródio